Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Confira quem está em alta e em baixa no Palmeiras após a queda na Libertadores

Adeus ao torneio continental força a mudança em algumas das peças do time titular de Felipão

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

29 de agosto de 2019 | 04h30

 

A eliminação na Copa Libertadores diante do Grêmio, na última terça-feira, vai mexer com o status de alguns jogadores do Palmeiras. Para a sequência da temporada, restam mais 23 jogos a serem disputados pelo Campeonato Brasileiro e a tendência é o técnico Luiz Felipe Scolari passar a dar mais espaço principalmente para atletas contratados há pouco tempo.

O primeiro compromisso do Palmeiras após o frustrante adeus na Libertadores será no domingo, contra o Flamengo, no Maracanã, pelo Brasileiro. Para o torcedor, a espera para ver de em casa o time novamente será um pouco maior. A equipe só volta a atuar como mandante no dia 10 de setembro, quando recebe o Fluminense, no Allianz Parque, em jogo atrasado da 16.ª rodada.

Quem está em alta

O adeus à Libertadores selou a ascensão de um jogador que por pouco não virou herói. O atacante Luiz Adriano marcou pela primeira vez com a camisa do Palmeiras na derrota por 2 a 1 para o Grêmio. "Venho trabalhando com meus companheiros, buscando essa oportunidade de marcar, fico muito feliz, acho que foi fruto do trabalho com meus companheiros", comentou o camisa 10.  

O jogador chegou há pouco ao clube, com contrato por quatro temporadas. Luiz Adriano disputou três partidas pelo Palmeiras, sempre como titular, e deve ser mantido com esse status principalmente pelos outros centroavantes do elenco viverem momento ruim. Deyverson teve má atuação na terça, Borja sequer entrou em campo e Arthur Cabral está de saída para o Basel, da Suíça.

Quem deve ganhar mais chances

O pacote de jogadores que chegou há poucas semanas no clube deve passar a ganhar mais oportunidades. Um desses nomes é o zagueiro Vitor Hugo, candidato a ocupar o posto de titular ao lado de Gustavo Gómez. O meia Ramires, trazido por indicação de Felipão, só fez duas partidas pela equipe até agora, mas é favorito a receber mais oportunidades.

"Eu não posso estar discutindo assuntos internos com a direção aqui com vocês depois do jogo. Tem uma série de situações que precisamos trabalhar. Vamos tomar algumas decisões, implementar algumas situações que podem ser novas ou não. Uma sequência com algumas correções, mas aqui não podemos conversar", adiantou Felipão depois do jogo de terça-feira.

O atacante Henrique Dourado é outro nome na lista de espera por mais oportunidades. O jogador veio emprestado pelo Henan Jianye até o fim do ano e ainda não estreou. Felipão deve dar chances para o atleta nas próximas semanas. Dourado se apresentou em fase final de recuperação de uma fratura na perna direita, mas já está liberado para atuar.  

Quem sai em baixa

Acionado no segundo tempo do jogo com o Grêmio e muito criticado pela torcida, Deyverson terá de esforçar para recuperar a confiança dos palmeirenses. O atacante teve atuação muito ruim contra o Grêmio e deve agora ficar como uma das opções de reserva para Luiz Adriano. O recém-contratado é o favorito a assumir a condição de titular do time.

Outro nome em baixa no Palmeiras é Lucas Lima. O meia não entra em campo desde 17 de julho, na eliminação na Copa do Brasil para o Inter, em Porto Alegre. Fora isso, sequer foi relacionado para a partida contra o Grêmio. Lucas Lima tem treinado com o grupo normalmente, não tem lesão e perdeu espaço por opção técnica de Felipão. Após falhar no jogo da eliminação, o zagueiro Luan deve dar lugar a Vitor Hugo na sequência da temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.