Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br
Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br

Confirmado no Libertad, Martín Silva recebe homenagem do Vasco em despedida

Contrato do goleiro ia até o final de 2020, mas o clube carioca decidiu liberá-lo para economizar

Redação, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2018 | 20h48

O Vasco se despediu oficialmente nesta quinta-feira do goleiro uruguaio Martin Silva, que deixou o clube carioca após cinco anos e foi confirmado como novo reforço do Libertad, do Paraguai, com o qual assinou contrato até o final de 2021.

"O Clube de Regatas Vasco da Gama agradece por cada minuto que caminhamos juntos, temos certeza que novas glórias virão para nós dois. Sorte no seu novo desafio, Martin! Torceremos sempre por sua alegria e sucesso", publicou o clube em suas redes sociais.

No vídeo, o clube carioca compilou alguns dos melhores momentos de Martin Silva em sua passagem que durou cinco anos. Ídolo, líder, craque, capitão e eterno foram os adjetivos usados para homenagear o goleiro uruguaio, que de festejado pela torcida pelas suas defesas, acumulou falhas em 2018 e chegou a amargar a reserva no final do Campeonato Brasileiro.

O contrato do goleiro com o time cruzmaltino iria até o final de 2020, mas o Vasco liberou o jogador com o objetivo de economizar, tendo em vista que o uruguaio era dono de um dos maiores salários da folha vascaína.

A passagem de Martin Silva no Vasco começou a se desgastar na metade deste ano, depois que seu preparador, Fábio Tepedino, foi demitido, enquanto o jogador estava com a seleção do Uruguai na Copa do Mundo da Rússia. Depois, o goleiro, que já não gozava de tanto prestígio com a torcida vascaína, teve atritos com o técnico Alberto Valentim por ter perdido a faixa de capitão e ter ficado de fora de algumas partidas.

No final, após algumas falhas em jogos decisivos para a permanência do Vasco na elite do futebol nacional - a principal delas contra o Grêmio, que definiu a derrota de virada para o time gaúcho nos instantes finais da partida -, o goleiro virou reserva e depois sequer foi relacionado para os últimos dois jogos da equipe no Brasileirão.

Contratado no final de 2013, Martin Silva disputou 245 partidas pelo Vasco e conquistou o bi do Campeonato Carioca em 2015 e 2016.

 

 

Mais conteúdo sobre:
VascoMartín Silva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.