Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Confronto entre Atlético-GO e Santos será marcado por ineditismos

Equipes se enfrentam nesta quinta-feira no estádio Antonio Accioly, às 19h15, pela Copa do Brasil

Redação, Estadão Conteúdo

04 de abril de 2019 | 11h06

O duelo dessa quinta-feira entre Atlético Goianiense e Santos, às 19h15, válido pela Copa do Brasil, é marcado por alguns ineditismos. O jogo será disputado no Estádio Antonio Accioly, um palco que até agora nunca havia recebido esse confronto, que também jamais havia ocorrido em um torneio mata-mata.

Tendo sido realizado pela primeira vez em 1986 e a última em 2017, o confronto entre Santos e Atlético-GO já ocorreu dez vezes, com cinco vitórias do time paulista, três empates e duas derrotas, de acordo com dados do site Acervo Santos FC, enciclopédia eletrônica do clube.

O Serra Dourada foi o estádio que mais vezes recebeu o jogo - quatro vezes. Agora, porém, será realizado no Estádio Antonio Accioly, com capacidade para cerca de 12 mil pessoas, sendo que os ingressos estão esgotados, com a partida sendo encarada como ponto alto da celebração dos 82 anos de fundação do clube goiano, completados na última terça-feira.

Além disso, dos dez confrontos realizados, nove foram válidos pelo Campeonato Brasileiro, sendo o outro um amistoso. Assim, este será o primeiro mata-mata entre os times, que voltarão a se enfrentar na próxima quinta-feira, na Vila Belmiro, que será reaberta após ficar cerca de três meses fechada para obras de modernização.

Nas fases anteriores da Copa do Brasil, disputadas em jogo único, o Santos passou pelo Altos (7 a 1), em Teresina, pelo América-RN (5 a 0), no Pacaembu. Agora, então, tentará abrir vantagem, em busca da vaga na próxima fase do torneio nacional.

"É importante fazermos um grande resultado nessa partida para termos mais tranquilidade no jogo de volta. Estamos bem preparados para este primeiro duelo e teremos a vantagem de decidir em casa. Vamos para cima em busca de mais uma vitória", disse o paraguaio Derlis González ao site oficial do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.