Confrontos entre torcidas do Dínamo de Kiev e do Besiktas deixam dez feridos

Confusão ocorreu durante duelo entre as duas equipes na Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

07 de dezembro de 2016 | 09h42

A polícia ucraniana revelou nesta quarta-feira que dez pessoas ficaram feridas nos confrontos entre os torcedores do Dínamo de Kiev e do Besiktas, da Turquia, na última terça, quando os times se enfrentaram em duelo válido pela fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

De acordo com o comunicado divulgado pela polícia, oito dos feridos foram espancados, enquanto outros dois acabaram sendo esfaqueados nas proximidades do Estádio Olímpico de Kiev, que recentemente foi definido como sede da decisão da Liga dos Campeões de 2018. Não foram revelados detalhes sobre a gravidade dos ferimentos dos torcedores

Imagens mostram uma grande quantidade de pessoas - a avaliação é de que eram 600 torcedores - brigando na rua, incluindo o uso de facas e até fogos de artifício no conflito. Dentro do estádio, os torcedores do Besiktas utilizaram sinalizadores e também entraram em confronto com a polícia. Além disso, alguns deles chegaram a invadir o setor da imprensa.

Mensagens em fóruns de internet usado por grupos de hooligans ucranianos afirmam que torcedores de diferentes times do país se juntaram para brigar com os turcos em Kiev. A relação entre torcedores dos dois países é reconhecidamente ruim há algum tempo.

O Besiktas tinha esperança de avançar às oitavas de final da Liga dos Campeões, mas acabou sendo massacrado por 6 a 0 pelo Dínamo de Kiev, que ainda não havia vencido no Grupo B - Napoli e Benfica foram os times que se classificaram na chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.