Confusão após decisão na Itália acaba com 3 presos

Um torcedor da Lazio e dois da Sampdoria foram presos na madrugada de quinta-feira, em Roma, por envolvimento em distúrbios após a final da Copa da Itália, disputada nesta quarta-feira na capital italiana. A Lazio ficou com o título após vitória por 6 a 5 nos pênaltis, e depois do jogo houve brigas entre as torcidas e saques a lojas nos arredores do Estádio Olímpico.

AE-AP, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 10h07

O tumulto deixou cinco policiais feridos, nenhum deles com muita gravidade. Os torcedores da Sampdoria foram presos por porte de pequenos explosivos, enquanto o fã da Lazio foi acusado de provocar os oficiais que tentavam acabar com a confusão. Já havia ocorrido problemas durante a partida, dentro do estádio, com gente tentando saltar as barreiras usadas para separar as torcidas.

A confusão causou polêmica especialmente porque, no dia 27, Roma recebe a final da Liga dos Campeões, entre Barcelona e Manchester United. O prefeito Gianni Alemanno disse que não há motivo para temor, e garantiu que a polícia está preparada para evitar problemas com ingleses e espanhóis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa da ItáliaviolênciaLazio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.