Leon Kuegeler / Reuters
Leon Kuegeler / Reuters

Conheça Jadon Sancho, ponta-direita do Borussia Dortmund, que é mais valioso do que Messi

Jogador tinha preço de mercado estimado em R$ 18,7 milhões em 2017, mas agora seu contrato vale R$ 600 milhões

Raul Vitor, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2020 | 13h00

Vem por aí mais um candidato a estrela do futebol mundial. Você conhece Jadon Sancho? Se a resposta for negativa, não se preocupe, pois provavelmente você passará a ouvir e ler sobre ele em breve. O atacante inglês, que hoje defende o Borussia Dortmund, da Alemanha, está à frente de Lionel Messi quando o assunto é valor de mercado. Com apenas 20 anos, ele é o atleta mais novo, dentre os dez jogadores mais valiosos do mundo, com valor estimado pelo Transfermarkt de 117 milhões de euros (cerca de R$ 678,7 milhões, na cotação atual). Comparado ao preço de sua negociação, em 2017, quando deixou as categorias de base do Manchester City, para jogar no Borussia Dortmund, Sancho saiu dos 5 milhões de euros (R$ 18,7 milhões), desembolsados pelo clube alemão, para os 130 milhões de euros (R$ 754 milhões), estimados em seu valor de mercado, em março de 2020.

Vale lembrar que esses valores são de antes da pandemia do coronavírus, algo que causou uma desvalorização geral do preço de jogadores de futebol. Sancho acumula uma desvalorização de 13 milhões de euros (R$ 75,4 milhões), responsável por tirá-lo da casa dos 130 milhões e colocá-lo em seu valor atual, 117 milhões de euros. Quando a bola rolar, ele deve recuperar mais milhões de euros em seu contrato.   

Mas não há dúvidas de que as expectativas em relação ao futuro do jogador são grandes. Suas decisões na carreira foram essenciais para que ele atinja esse tamanho hoje. Sancho recusou a jogar sob os comandos de Pep Guardiola, quando o treinador lhe ofereceu uma oportunidade no elenco principal do City, em 2017.  "Ele não quis encarar esse desafio, essa oportunidade para descobrir se ele era capaz", disse o técnico em entrevista concedida em março de 2019. "Ele decidiu ir para lá (Borussia Dortmund). Então, perfeito. Ele está jogadoi bem. Parabéns pelo que ele está fazendo."

De fato, Sancho está indo muito bem. Não à toa o inglês é o jogador mais valioso do Campeonato Alemão e de sua equipe também, além de liderar esse mesmo quesito, dentre os outros atletas nascidos em 2000, à frente de Haaland, também do Borussia, e do brasileiro Vinicius Junior, do Real Madrid. 

O atacante é o segundo ponta-direita mais valioso do mundo, novamente à frente de Messi, do Barcelona, porém atrás de Salah, do Liverpool. Na seleção inglesa não é diferente, ele é o terceiro jogador mais valioso do esquadrão de Gareth Southgate, atrás de Sterling e Harry Kane, primeiro e segundo colocados mais valiosos, respectivamente.

Trajetória

Sancho nasceu no subúrbio de Londres, no distrito de Kennington, em março de 2000. Aos sete anos, o atacante ingressou no Watford e por lá ficou até seus 14 anos, quando foi transferido para as categorias de base do Manchester City e teve seus últimos reparos. Em 2017, foi para o Borussia Dortmund, mesmo ano em que disputou a fase de grupos do Mundial Sub-17 pela seleção inglesa. Em 2018, o atacante estreou no elenco principal da Inglaterra, contra a Croácia, pela Liga das Nações. Fez uma carreira meteórica.

Borussia Dortmund

Com o manto predominantemente amarelo da equipe de Dortmund, Sancho já disputou 90 partidas e marcou incríveis 31 gols, sendo responsável por mais de 40 assistências para seus companheiros balançarem as redes. A imprensa europeia especula que o jogador deixe a equipe alemã na reabertura da janela de transferências do meio do ano e o Manchester United é, até o momento, o favorito para comprá-lo. Vai ter de gastar muito dinheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.