Conheça os 7 estádios que receberão o futebol na Olimpíada do Rio

Opção pela Arena da Amazônia é a que mais gera polêmica

O Estado de S. Paulo

16 Março 2015 | 12h34

Nesta segunda-feira, foram confirmados pelo Comitê Olímpico Internacional os sete estádios que receberão os torneios de futebol nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. As sedes, que são 'espalhadas' pelo Brasil por pressão da Fifa e da CBF, já geram polêmica.

A ideia é aproveitar os modernos estádios e a infraestrutura preparada para a Copa do Mundo de 2014, na tentativa de remover o rótulo de 'elefantes brancos' de alguns estádios. O Mané Garrincha, em Brasília - que, aliás, vem sendo usado como 'escritório' por conta da ausência de jogos -, e a Arena da Amazônia, em Manaus, surgiram como 'surpresas', além do Engenhão, no Rio de Janeiro, que passou por problemas estruturais recentes e sequer foi reaberto completamente. O estádio olímpico foi construído para os Jogos Pan-Americanos de 2007.

A Arena do Palmeiras, que chegou a ser especulada pelo próprio Marco Polo Del Nero, que preside o Comitê Olímpico da Fifa, ficou de fora da relação. O futuro presidente da CBF também destacou que o objetivo é 'reviver' o espírito de Copa do Mundo em tais cidades. Conheça os sete estádios que receberão os jogos de futebol nos Jogos Olímpicos de 2016.

Os sete estádios que receberão o futebol em 2016
Arena Corinthians, Engenhão e Arena da Amazônia estão entre os escolhidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.