Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Conmebol anuncia final da Libertadores às 17 horas, dia 30, no Maracanã

Entidade confirma que decisão do título será disputada à tarde e sem a presença de torcida no estádio

Redação, Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2021 | 14h21

A final única da edição 2020 da Copa Libertadores será disputada às 17 horas (horário de Brasília), em 30 de janeiro, no Maracanã, no Rio. O anúncio foi feito, nesta terça-feira, pela Conmebol, que revelou também a não presença de público e o cumprimento rígido dos protocolos sanitários para tentar evitar a propagação do novo coronavírus.

Palmeiras e River Plate decidem uma das vagas na final, nesta terça-feira, no Allianz Parque. No primeiro duelo, na Argentina, o time de Palestra Itália venceu por 3 a 0. O outro time finalista será conhecido nesta quarta-feira, quando Santos e Boca Juniors vão se enfrentar na Vila Belmiro. No jogo de ida, em La Bombonera, houve empate sem gols.

O jogo decisivo da Libertadores deverá ser visto por cerca de 200 países. O Reino Unido poderá assistir por intermédio do canal BBC, que também adquiriu os direitos de transmissão de outros seis jogos da Libertadores. Os fãs mexicanos também poderão acompanhar, assim como o fizeram nos jogos das semifinais.

Esta será a segunda vez que a Libertadores será decidida em apenas um jogo. A primeira foi em 2019, quando Flamengo e River Plate jogaram pelo título sul-americano, em Lima, no Peru, com triunfo da equipe brasileira, por 2 a 1, em uma virada histórica.

Naquela oportunidade, cerca de 700 jornalistas, de 28 países, se credenciaram para acompanhar o confronto Brasil x Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.