Martin Alipaz / EFE
Martin Alipaz / EFE

Conmebol aplica multa de R$ 100 mil em Marcelo Moreno por criticar realização da Copa América

Atacante da seleção boliviana foi suspenso também por um jogo, mas, com covid-19, já não teria condições de jogar

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2021 | 15h45

A postagem que fez nas redes sociais custou caro ao atacante Marcelo Moreno. A Comissão Disciplinar da Conmebol divulgou nesta sexta-feira que o jogador da seleção da Bolívia foi multado em US$ 20 mil (R$ 101 mil) e suspenso por uma partida por causa das críticas que fez sobre a realização da Copa América.

A postagem foi realizada na terça-feira e causaram  incômodo na Conmebol, que decidiu abrir o expediente disciplinar para ouvir o jogador. No dia seguinte, Moreno pediu desculpas da postagem. Em comunicado divulgado pela Federação Boliviana de Futebol, o jogador afirmou que não foi ele que escreveu as mensagens publicadas em sua conta no Instagram. 

Diante de uma notícia sobre o aumento de casos de covid-19 na Copa América, o jogador criticou a Conmebol no seu perfil, que tem verificador de conta. "Obrigado a vocês da Conmebol por isso. A culpa é totalmente de vocês. Se morre uma pessoa, o que vocês vão fazer? O que importa é somente o dinheiro, a vida do jogador não vale nada?", questionou Moreno, ao publicar notícia sobre os 52 casos de covid-19 confirmados no torneio.

Apesar da suspensão, o atacante não teria condições de atuar pela Bolívia na Copa América. No mesmo comunicado que pediu desculpas à Conmebol, Moreno informou que testou positivo para covid-19. "A doença não me permite ter certeza do tempo de retorno", afirmou.

As declarações do atacante na terça haviam causado incômodo na Conmebol, que decidiu abrir o expediente disciplinar para ouvir o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.