Conmebol apoia candidatura ibérica à Copa de 2018

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) votará na candidatura conjunta de Espanha e Portugal para organizar a Copa do Mundo de 2018, informou nesta quinta-feira, Eduardo Deluca, secretário-geral da entidade. A votação será realizada no dia 2 de dezembro na reunião do Comitê Executivo da Fifa, em que também se elegerá a sede do torneio de 2022.

AE, Agência Estado

25 de novembro de 2010 | 15h06

"O Comitê Executivo da Confederação Sul-Americana instruiu seus representantes na Fifa, Julio Grondona, da Argentina, Ricardo Teixeira, do Brasil e Nicolás Leoz, do Paraguai, para que apoiem aos países que nos unem laços históricos que ligam a nossa amizade", explicou Deluca.

O dirigente explicou também que há outras razões para votar em Espanha e Portugal, que disputam o direito de sediar a Copa do Mundo de 2018 com Inglaterra, Rússia e a candidatura conjunta de Bélgica e Holanda. "A Conmebol mantém excelentes e estreitas relações com a Federação Espanhola, o mesmo com os portugueses".

Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Austrália e Catar confirmaram suas candidaturas para a Copa do Mundo de 2022, mas a Conmebol "não tomou nenhuma decisão" sobre essa votação, segundo Deluca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.