Conmebol confirma classificação do Cruzeiro na Libertadores

Além disso, entidade anuncia que o paraguaio Cerro Porteño será punido por violência de seus torcedores

07 de fevereiro de 2008 | 16h08

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou nesta quinta-feira a classificação do Cruzeiro para a fase de grupos da Copa Libertadores após a vitória de 3 a 2 sobre o Cerro Porteño em uma partida, disputada no Paraguai, que foi suspensa aos 24 minutos do segundo tempo por falta de garantias de segurança.   Veja também:  Cruzeiro vence no Paraguai e avança na Copa Libertadores   Calendário e jogos da competição O confronto, disputado no estádio Defensores del Chaco, de Assunção, durou até os 24 minutos do segundo tempo, quando o juiz chileno Carlos Chandía o encerrou porque a torcida local não parava de jogar pedras e garrafas contra os jogadores brasileiros.   Os mineiros já haviam vencido a partida de ida por 3 a 1.   "O Cruzeiro está classificado e vai jogar na próxima quarta sua partida da próxima etapa", declarou o secretário-executivo da Conmebol, Francisco Figueredo Brítez.   O dirigente explicou que "terão que ser adotadas ações disciplinares contra o Cerro" pela reação "criminosa" de torcedores violentos.  Nesse sentido, Brítez afirmou que a entidade tem antecedentes de uma punição aplicada ao América do México por desordens registradas em 2004 no estádio Azteca em um jogo da Libertadores contra o São Caetano. Naquela oportunidade, o América "recebeu uma multa e teve a utilização do estádio Azteca suspensa para partidas de torneios da Conmebol."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.