Divulgação/Conmebol
Divulgação/Conmebol

Conmebol confirma decisão da Sul-Americana em 23 de janeiro de 2021 em Córdoba

Brasil ainda tem dois representantes na competição, com Bahia e Vasco

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2020 | 23h06

A Conmebol confirmou nesta segunda-feira a nova data para a disputa da final da Copa Sul-Americana. A decisão do torneio sul-americano, em jogo único, foi remarcada para 23 de janeiro de 2021, sendo mantida no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina. 

A decisão foi anunciada após uma reunião realizada nesta segunda-feira entre Alejandro Domínguez e Chiqui Tapia, os presidentes de Conmebol e da Associação de Futebol Argentino, respectivamente. 

A Sul-Americana teve a sua primeira decisão em jogo único disputado na edição de 2019. Naquela oportunidade, em 9 de novembro, a taça ficou com Independiente del Valle após derrotar o Colón, em Assunção. 

Inicialmente, a final da Sul-Americana de 2020 estava marcada para 7 de novembro, algo que se tornou inviável com a paralisação do torneio por causa da pandemia do coronavírus - a competição ainda vai iniciar as oitavas de final. 

O futebol brasileiro, aliás, terá dois representantes na próxima etapa. Em duelos contra times da Argentina, o Bahia terá pela frente o Unión, de Santa Fe, enquanto o Vasco vai encarar o Defensa y Justicia. Se avançarem, se encontrarão nas quartas de final. 

Segue, porém, a indefinição sobre a nova data da finalíssima da Copa Libertadores, agendada previamente para o Maracanã, em 21 de novembro. Mas a tendência é que ela ocorra em 30 de janeiro, pois essa foi uma das datas reservadas pela Conmebol, que também havia selecionado os dias 23 e 24 do primeiro mês de 2021.

Tudo o que sabemos sobre:
ConmebolCopa Sul-americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.