Cesar Greco/ SE Palmeiras
Cesar Greco/ SE Palmeiras

Conmebol divulga áudio, e VAR sugere apenas amarelo a Deyverson em lance do gol do Palmeiras

Atacante invadiu o gramado antes da conclusão da jogada, mas, sem interferência no lance, arbitragem preferiu apenas adverti-lo

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2021 | 20h01

Desde o fim do empate entre Atlético-MG e Palmeiras que a polêmica invasão de campo de Deyverson vem sendo assunto, com trocas de acusações e até torcedores falando em possível suspensão do jogo que valeu vaga na final da Copa Libertadores. A Conmebol divulgou o áudio do VAR na hora do lance, nesta quarta-feira, que confirmou o gol legal e somente sugeriu cartão amarelo para o atacante palmeirense que aquecia na lateral do campo do Mineirão e entrou para comemorar.

"Pode advertir o jogador que está aquecendo, que comemorou o gol", diz um dos assistentes após flagrar a invasão. O VAR pergunta quem foi e, ao ouvir que é o 9 do Palmeiras, avaliza o lance e depois confirma o gol. "Gol legal, Wilmar", foi a conclusão do lance.

O VAR, porém, avaliou toda a jogada. No lançamento, o assistente disse que Gabriel Veron estava habilitado, ou seja, em condições. Já o VAR diz que é "possível fora de jogo". Rapidamente, vem a análise. A seguir confirma a posição normal e Wilmar Roldan diz que vai confirmar o gol.

Há a discussão sobre um possível toque de mão do atacante palmeirense no domínio e o VAR define: "pegou no joelho. Vamos avançar e ver como (Dudu) fez o gol." Nada de anormal é visto. "Gol legal."

Antes do veredicto final, porém, o VAR ainda revisa para ver se não existiu falta em Nathan Silva. O lance é declarado limpo. Neste momento, Roldan recebe a recomendação para dar amarelo para Deyverson após invasão de campo. E nada mais.

Confiante que não fez nada de errado que pudesse mudar o resultado da partida, Deyverson até ironizou nas redes. "Falem o que quiser. Estamos na final. Querem procurar algo para não falarem da nossa conquista né!? Estamos na final", postou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.