Divulgação/Conmebol
Divulgação/Conmebol

Conmebol e Uefa ampliam aproximação e lançam Copa Intercontinental Sub-20

Após sucesso de público na Finalíssima, entre Argentina e Itália, entidades se engajam em formular novos projetos

Redação, Estadão Conteúdo

02 de junho de 2022 | 17h22

Após o sucesso de público em Wembley, na vitória da Argentina sobre a Itália por 3 a 0, na disputa da Finalíssima, a Uefa e a Conmebol anunciaram nesta quinta-feira a versão feminina da competição, em mais um passo no processo de aproximação entre as duas entidades. Elas divulgaram também detalhes da nova Copa Intercontinental Sub-20 e do Final Four Futsal.

Na Finalíssima feminina, o jogo será entre o campeão da Eurocopa Feminina (da Uefa), que será disputada em julho, na Inglaterra, e o vencedor da Copa América Feminina, da Conmebol, a ser disputada no mesmo mês, na Colômbia. A data e o local da decisão serão divulgados nos próximos meses.

Já a Copa Intercontinental Sub-20 será entre o uruguaio Peñarol (vencedor da Libertadores Sub-20) e o português Benfica, que conquistou o título da Liga Juvenil da Uefa de 2022. A partida acontecerá no dia 21 de agosto, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. Este torneio lembra o formato antigo do Mundial Interclubes, envolvendo os campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões da Europa, que foi substituído pelo Mundial de Clubes da Fifa.

Por fim, o campeonato de futsal terá o campeão da Eurocopa de Futsal da Uefa 2022, Portugal, e a terceira colocada, Espanha, disputando um Final Four Futsal com a Argentina, campeã da Copa América de Futsal 2022, e o Paraguai, vice-campeão na Arena de Buenos Aires, Argentina, entre 16 e 18 de setembro de 2022.

As entidades revelaram também que continuará ocorrendo um intercâmbio de árbitros nas competições e que lançará novos cursos para treinadores.

Estas decisões reforçam o processo de aproximação entre Conmebol e Uefa nos últimos dois anos. Trata-se de uma reação à Fifa, quase formando um bloco de oposição aos dirigentes da federação internacional. As duas confederações regionais se mostraram contra a decisão da Fifa de tentar organizar a Copa do Mundo a cada dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.