Conmebol faz sorteio sem todos os classificados

Conmebol faz sorteio sem todos os classificados

Equipes já garantidas na fase de grupos não poderão conhecer nesta terça-feira todos os seus adversários no torneio

O Estado de S. Paulo

02 de dezembro de 2014 | 07h00

A sede da Conmebol, na cidade paraguaia de Luque (localizada ao lado de Assunção), terá nesta terça-feira o sorteio dos grupos da próxima edição da Copa Libertadores da América e também dos confrontos da etapa de classificação - chamada pela entidade continental de primeira fase e mais conhecida no Brasil como “pré-Libertadores”.

Como sempre acontece nos sorteios da Conmebol, haverá várias “falhas” na formação dos grupos da Libertadores. A maioria dos 11 países que participam do torneio (os dez filiados à entidade e o México) ainda não conhece todos os seus representantes, o que impedirá os clubes que já estão classificados para a fase de grupos de conhecer hoje todos os seus adversários.

O Brasil, por exemplo, tem seus cinco representantes já decididos, mas ainda falta saber qual equipe terá de passar pela fase classificatória. Cruzeiro, Atlético-MG e São Paulo já estão garantidos na etapa de grupos, enquanto Internacional e Corinthians decidirão na última rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo, qual deles vai para essa fase e qual terá de passar pela “pré-Libertadores”.

Na edição de 2015, a Argentina será o país com mais representantes na competição. Além dos cinco a que eles têm direito todos os anos, os argentinos contarão com mais um - o San Lorenzo, atual campeão.

Cinco dos oito integrantes do pote 1 do sorteio (os cabeças de chave da competição) já são conhecidos: Cruzeiro e Atlético-MG, os argentino San Lorenzo e River Plate, o colombiano Nacional de Medellín e o venezuelano Zamora. O pote terá também uma equipe do Peru e uma do Equador.

O São Paulo ficará no pote 2, assim como o melhor classificado no Brasileirão entre Corinthians e Inter. Esse pote, assim como o primeiro, terá também dois clubes argentinos, um colombiano, um equatoriano e um venezuelano (o Mineros).

O pote 3 terá equipes de Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai e o pote 4 será formado por dois clubes mexicanos (Tigres e Atlas) e os que saírem da fase classificatória. Portanto, o quarto colocado do Brasileirão ficará nesse pote - desde que não seja eliminado na “pré-Libertadores”, é claro -, com alto risco de cair em um grupo que já tenha outro clube do País.

O sorteio da Libertadores está marcado para as 22 horas (horário de Brasília) e terá diversas homenagens a personalidades do futebol sul-americano. Entre os homenageados, estarão Matías Lamens e Edgardo Bauza, respectivamente o presidente e o técnico do San Lorenzo, Juan Sebastián Verón e o seu pai, o também ex-jogador Juan Ramón Verón.

SORTEIO

Pote 1

Argentina 1 (San Lorenzo)

Argentina 2 (River Plate)

Brasil 1 (Cruzeiro)

Brasil 2 (Atlético-MG)

Colômbia 1 (Nacional de Medellín)

Equador 1

Peru 1

Venezuela 1 (Zamora)

Pote 2

Argentina 3

Argentina 4

Brasil 3 (São Paulo)

Brasil 4 (Inter ou Corinthians)

Colômbia 2

Equador 2

Peru 2

Venezuela 2 (Mineros)

Pote 3

Bolívia 1 (Universitário)

Bolívia 2 (San José)

Chile 1 (Colo Colo)

Chile 2

Paraguai 1 (Libertad)

Paraguai 2

Uruguai 1 (Danubio)

Uruguai 2 (Montevideo Wanderers)

Pote 4

México 1 (Tigres)

México 2 (Atlas)

6 classificados da primeira fase, entre os seguintes clubes:

Argentina 5 (Huracán)

Argentina 6

Bolívia 3 (The Strongest)

Brasil 5 (Inter ou Corinthians)

Chile 3

Colômbia 3

Equador 3

México 3 (Morelia)

Paraguai 3

Peru 3

Uruguai 3 (Nacional)

Venezuela 3 (Deportivo Táchira)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.