Conmebol põe em risco futuro de México e Japão na Copa América

As seleções de México e Japão podem não ser convidadas para as próximas edições da Copa América se disputarem o torneio de 2011 com equipes fracas, disse na quinta-feira o vice-presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol.

REUTERS

25 de novembro de 2010 | 19h59

Os dois países são convidados da América do Sul para o campeonato que será disputado na Argentina, mas anunciaram que sua prioridade é participar de torneios simultâneos de suas respectivas confederações.

O México, que participa da Copa América há quase duas décadas, seria representado por sua seleção sub-23 reforçada com cinco jogadores sem limite de idade. O Japão, que volta ao torneio após estrear em 1999, também jogaria sem a força máxima.

"Diria que se esta chance que nós demos a estes países não for aproveitada, logicamente no futuro não poderíamos levá-los em conta", disse o uruguaio Eugenio Figueredo à rádio Primero de Marzo, de Assunção.

"Esperamos que venham com representações adequadas ao torneio para o qual estão convidados", completou.

O México está no Grupo C, com Uruguai, Chile e Peru, enquanto o Japão foi sorteado no Grupo A junto com Argentina, Colombia e Bolívia.

(Reportagem de Mariel Cristaldo)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTCAMERICAMEXICOJAPAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.