Consciente, Cabañas começa a se alimentar pela boca

O jogador paraguaio Salvador Cabañas apresentou novos progressos neste domingo, quase uma semana depois de levar um tiro na cabeça. O atacante do América, do México, começou a se alimentar pela boca, depois de conseguir falar com seus familiares, na noite de sábado.

AE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 22h37

As melhoras observadas no atleta começaram a aparecer depois que os médicos reduziram a sedação do atleta, após análise de uma tomografia. "Ele está consciente, falando com sua família e já está se alimentado por via oral", explicou o médico Alfonso Díaz. "Ele está animado", acrescentou.

Até então, Cabañas estava sendo alimentado por via intravenosa. Um novo boletim sobre o estado do jogador será divulgado na segunda-feira. "Não se pode fazer outras avaliações até que ele deixe a UTI", explicou o médico. "Acreditamos que ele se manterá estável. Estamos muito otimistas".

O atacante de 29 anos é um dos principais jogadores da seleção paraguaia e teve importante participação na classificação para a Copa do Mundo deste ano. Ele também foi artilheiro da Copa Libertadores em 2007 e 2008, atuando pelo América.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSalvador Cabañas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.