Reprodução
Reprodução

Construtora nega atraso na Arena Palestra e pede apoio

'A inauguração será em abril de 2013. Se mudar, só se for para antecipar', garantiu dono da WTorre

AE, Agência Estado

04 de maio de 2011 | 10h04

O empresário Walter Torre Júnior, dono da construtora WTorre, prometeu que a Arena Palestra Itália estará pronta para ser utilizada pelo Palmeiras em abril de 2013, como previsto inicialmente. De acordo com ele, o prazo só será alterado ser for possível antecipar a entrega da obra concluída do estádio.

"Nunca [atrasaremos a entrega]. A inauguração será em abril de 2013. Se mudar, só se for para antecipar. Nunca atrasamos nossas obras", prometeu o empresário em sua conta no Twitter - rede de microblogs na internet. Ele disse ainda ser cedo para pensar em um jogo de inauguração. "Ainda não [tem nada certo]. Mas com certeza a Sociedade Esportiva Palmeiras se encarregará de agendar um jogo com um time a altura da inauguração", escreveu.

Torre explicou que o estádio poderá ter diversas cores por conta do material externo e da iluminação. "Este material do fechamento é metálico e todo furado, assim vaza luz através dele quando o estádio está iluminado por dentro e também reflete toda a luz projetada nele, porque é reflexivo, assim ele assume a cor que projetamos".

O dono da WTorre avisou que o projeto não será alterado e pediu o apoio dos dirigentes do Palmeiras ao trabalho de construção da Arena Palestra Itália. "Chega de mudanças, já estou comprando toda a estrutura, é por isso que preciso da definição da diretoria. Os fornecedores me deram até o dia 9 para confirmar a compra da estrutura metálica da Arena, para eles garantiram o prazo. E no Brasil só tem dois fornecedores e estou usando os dois. E preciso sair na frente das arenas que estão por vir. É por isso que não consigo e não posso esperar mais pela diretoria".

Torre revelou ter esperanças de que a Arena Palestra sedie partidas da Copa do Mundo de 2014, apesar do estádio do Corinthians, a ser construído em Itaquera, ter sido indicado como local de jogos da competição na cidade de São Paulo. "Esse é o meu sonho e desejo", escreveu. "A ideia é exatamente essa. Agora será difícil eles nos deixarem de lado, não acham?", completou.

Veja também:

linkTesouro verde pega poeira à espera da nova casa

linkWellington Paulista e Marcos podem aparecer em Curitiba

linkCom desfalques, Felipão faz mistério no Palmeiras

video ESPN - Felipão sonha com estádio dividido em Curitiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.