Contas e fim das férias agitam Santos

Depois de um mês de marasmo, em que os jogadores ganharam férias e o clube não conseguiu fechar a contratação de qualquer reforço, o Santos promete muita agitação para os próximos dias.A partir desta segunda-feira, os conselheiros terão acesso às contas da diretoria, referentes ao ano 2000, e que serão julgadas terça-feira pelo Conselho Deliberativo. Há uma grande expectativa na cidade quanto aos números que serão apresentados, pois são relativos ao time milionário montado no ano passado, que gerou muita polêmica e uma grande dívida.Não bastasse isso, os jogadores voltam à atividade na quarta-feira, depois de três prorrogações das férias, que totalizaram mais de um mês. Essa volta pode trazer mais confusão, pois a proximidade dos atletas tende a aumentar a pressão para o recebimento dos salários e direitos de imagem atrasados.A novidade será o retorno de Narciso, afastado desde janeiro do ano passado por conta de uma leucemia, que venceu submetendo-se a um transplante de medula óssea.Enquanto isso, os dirigentes correm para fechar algum negócio que traga um pouco mais de otimismo e, por conta disso, anunciam o interesse pelos atacantes Viola e Oséas. Uma contratação desse porte, porém, depende de dinheiro e isso o clube não tem. No caso de Oséas, o plano é trocá-lo por Dodô, que já anunciou que não fica mais na Vila.Caso a diretoria não tenha sucesso nessas negociações, restará aos conselheiros verificar os efeitos do time milionário montado em 2000: as maiores estrelas, como Rincón, Edmundo, Carlos Germano, Valdo e outros já deixaram a Vila Belmiro, restando Robert e Léo, jogadores que ganharam prestígio pelo bom desempenho nas competições e pelas convocações para defender a seleção. Além disso, há uma grande dívida para ser solucionada, num momento em que o mercado brasileiro está fechado para a compra e venda de atletas.

Agencia Estado,

17 de junho de 2001 | 16h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.