Ian Kington/AFP
Ian Kington/AFP

Conte admite que Chelsea está fora da briga pelo título inglês

Técnico dá declaração após derrota para o West Ham neste sábado, fora de casa

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2017 | 20h54

As esperanças do Chelsea de conquistar novamente o título do Campeonato Inglês acabaram, de acordo com o técnico Antonio Conte. Essa foi a avaliação do técnico italiano após a derrota por 1 a 0 para o West Ham, neste sábado, resultado que deixou o time a 11 pontos do líder Manchester City. E essa desvantagem pode ser ampliada neste domingo, quando o City fará clássico com o segundo colocado Manchester United, pela 16ª rodada.

+ Com 2 de Cristiano Ronaldo, Real faz 5 no 1º tempo e goleia Sevilla

+ Sem Neymar, PSG derrota Lille e aumenta vantagem para 12 pontos na liderança

Com um gol nos minutos iniciais de Marko Arnautovic no duelo deste sábado, o West Ham encerrou uma série de oito jogos sem vitórias, além de ter triunfado pela primeira vez sob o comando do técnico David Moyes.

"Acho um pouco estranho falar sobre a disputa do título após uma derrota", disse Conte. "Especialmente se esta é a quarta derrota desta temporada em 16 jogos. Quando você tem esse começo, é impossível pensar que você está na briga pelo título", acrescentou.

O Chelsea parecia estar superando um início irregular de temporada ao emplacar uma sequência de sete jogos invicto iniciada após uma surpreendente derrota para o Crystal Palace em outubro, ascendendo ao terceiro lugar no Campeonato Inglês. O novo revés, então, decepcionou Conte.

"Quando você perde para o Crystal Palace e agora perde novamente para o West Ham, que neste momento está em uma posição ruim na tabela, se você perde pontos nesses jogos, significa que você não está na disputa pelo título", lamentou o treinador italiano.

Tudo o que sabemos sobre:
ChelseaCampeonato Inglês de Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.