Tony O'Brien/Reuters
Tony O'Brien/Reuters

Conte destaca necessidade do Chelsea vencer o Tottenham neste domingo

Equipe azul de Londres está em quinto lugar no Campeonato Inglês, cinco abaixo do rival local, quarto colocado

Estadão Conteúdo

01 Abril 2018 | 10h34

A possibilidade de o Chelsea se salvar na temporada 2017/2018 do futebol europeu passa diretamente pelo duelo deste domingo com o Tottenham, no Stamford Bridge, pela 31ª rodada do Campeonato Inglês. Foi o que reconheceu neste domingo o técnico Antonio Conte, lembrando que a vitória é primordial para as pretensões da equipe se classificar à Liga dos Campeões da Europa da próxima temporada.

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

"Sabemos que se quisermos ter a chance de jogar na próxima temporada da Liga dos Campeões, precisamos vencer", disse o treinador do Chelsea. "Nossa mentalidade deve ser sempre a mesma. É a única maneira se você quiser alcançar algo importante no final da temporada: ter sempre uma mentalidade vencedora se estiver jogando contra esse time ou aquele time", acrescentou.

Com quatro vagas sendo distribuídas na Liga dos Campeões através do Campeonato Inglês, o Chelsea ocupa o quinto lugar com 56 pontos, a cinco do quarto colocado Tottenham. E o rival londrino vive ótimo momento no torneio nacional, tanto que não perde há 12 rodadas.

No primeiro turno, o Chelsea venceu o Tottenham por 2 a 1 em Wembley, com dois gols de Marcos Alonso. "É um clássico, um jogo importante para nós, especialmente porque precisamos de três pontos. Devemos estar focados no campo para tentar alcançar esse objetivo. Não será fácil porque temos de jogar contra uma equipe muito boa que está à nossa frente agora", reconheceu Conte.

Campeão inglês na temporada passada, o Chelsea não tem conseguido repetir o rendimento na atual, já tendo sido eliminado da Liga dos Campeões. O time londrino também está garantido nas semifinais da Copa da Inglaterra, fase em que terá pela frente o Southampton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.