Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Conto as horas', afirma Kaká sobre o clássico contra o Corinthians

Adversário deste domingo sempre foi uma pedra no sapato do meia: em oito partidas, foram duas vitórias, três empates e três derrotas

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

18 Setembro 2014 | 20h34

Kaká deve entrar em campo pela última vez contra o Corinthians neste domingo, no Itaquerão, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro. Será o único confronto contra o rival alvinegro nesta segunda passagem pelo time tricolor e o adversário sempre foi uma pedra no sapato do meia: em oito jogos, foram duas vitórias, três empates e três derrotas.

Ao falar sobre o confronto, o jogador admitiu que está ansioso para reencontrar o adversário e espera uma atmosfera de decisão para a partida, que pode selar o destino dos rivais no campeonato. "É um time muito bom tecnicamente e gosto do treinador (Mano Menezes). Vai jogar em casa, tem a motivação, a torcida e tem tudo para ser um ótimo jogo. Estou contando as horas para o jogo".

Além de Kaká, Rogério Ceni se despede do rival neste domingo; a partida será a última do goleiro contra o maior rival antes da aposentadoria. Apesar da carga simbólica do confronto, o meia não vê uma motivação especial para ganhar do adversário.

"Não vejo motivação extra, nosso foco maior é no final do campeonato, não no clássico contra o Corinthians. Será o fechamento do ano. Nunca se sabe se será o último, o mais importante é uma vitória e com uma participação decisiva do Rogério", disse Kaká.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.