Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Contra a Bélgica, Brasil jogará pela 4ª vez com camisa amarela

Até agora, somente na vitória contra a Costa Rica a seleção usou uniforme azul na Copa do Mundo da Rússia

Almir Leite, Leandro Silveira e Marcio Dolzan, enviados especiais / Sochi, O Estado de S.Paulo

04 Julho 2018 | 16h35

A CBF confirmou nesta quarta-feira que a seleção brasileira vai entrar em campo com o seu tradicional uniforme para enfrentar a Bélgica na sexta, às 15 horas (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Mundo, na Arena Kazan. A equipe nacional, então, vai atuar trajada com a sua camisa amarela, o calção azul e os meiões na cor branca.

+ Sérvio que apitou final da Liga dos Campeões será árbitro de Brasil x Bélgica

+ Willian vê evolução 'muito grande' do Brasil e exalta Hazard como o melhor belga

+ Paulinho é poupado no último treino da seleção em Sochi

Essa combinação de uniformes foi utilizada pelo Brasil em três dos quatro compromissos da equipe na Copa na Rússia, casos do empate por 1 a 1 com a Suíça, e das vitórias por 2 a 0 sobre a Sérvia, em Moscou, e o México, em Samara. Apenas no triunfo sobre a Costa Rica, também por 2 a 0, a seleção variou a sua vestimenta, atuando toda de azul em São Petersburgo.

A Fifa é a responsável por definir as combinações de uniformes de todas as equipes na Copa do Mundo, incluindo as vestimentas dos goleiros, da arbitragem, dos gandulas e até para o aquecimento dos atletas. A preocupação é evitar a utilização de cores parecidas e propiciar uma distinção melhor para telespectadores que acompanham as partidas por televisões em preto e branco. Por isso, é comum uma equipe vestir cores claras, enquanto a outra adota tons escuros.

Nessa definição, para o compromisso pelas quartas de final, a Fifa apontou que a Bélgica também jogará com o seu uniforme principal, com a camisa, o calção e o meião vermelhos. A combinação do uniforme das duas equipes, portanto, será a mesma do último confronto, na Copa do Mundo de 2002, quando a seleção brasileira venceu por 2 a 0, pelas oitavas de final.

 

O goleiro Alisson também utilizará a sua vestimenta mais tradicional nesta Copa do Mundo. Após disputar os três primeiros jogos da seleção brasileira todo de verde, o goleiro usou um uniforme todo preto contra o México. Mas voltará a vestir verde na sexta-feira. Essa coloração também valerá para Ederson e Cássio, os goleiros reservas do Brasil na Rússia. Já o árbitro sérvio Milorad Masic trabalhará com um uniforme turquesa.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.