Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Contra a Portuguesa, Corinthians sofre sua pior derrota desde maio de 2005

São Paulo goleou o time corintiano por 5 a 1 há mais de oito anos: equipe havia entrado em campo 588 vezes desde o revés para o rival

Diego Salgado, O Estado de S. Paulo

30 de setembro de 2013 | 08h00

SÃO PAULO - A goleada por 4 a 0 sofrida neste domingo pelo Corinthians contra a Portuguesa entrou para a história corintiana. O time alvinegro não era derrotado por quatro gols de diferença desde maio de 2005, quando perdeu para o rival São Paulo por 5 a 1. Desde então, o Corinthians entrou em campo 588 vezes e sofreu 136 derrotas, mas nunca com tantos gols. A marca negativa nunca havia se repetido. No total, 11 técnicos passaram pelo Corinthians após aquela goleada vexatória contra o Tricolor no Pacaembu: Márcio Bitttencourt (2005), Antônio Lopes (2005/2006), Ademar Braga (2006), Geninho (2006), Leão (2006/2007), Carpegiani (2007), Zé Augusto (2007), Nelsinho Baptista (2007), Mano Menezes (2008 a 2010), Adilson Batista (2010) e Tite (desde 2010).

Nesse período, a defesa do Corinthians sofreu mais de três gols em apenas quatro oportunidades. A primeira foi em outubro de 2006, contra o Lanús, nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na ocasião, a equipe treinada por Emerson Leão acabou derrotada por 4 a 2 e foi eliminada da competição. Depois de 22 meses, um novo revés com muitos gols na conta: 5 a 2 diante do Atlético-MG, na 22.ª rodada do Brasileirão. Em setembro de 2009, sob o comando de Mano Menezes, o Corinthians de Ronaldo foi goleado pelo Goiás por 4 a 1 em pleno Pacaembu. Em 2010, uma derrota por 4 a 3 para o Atlético-GO causou a demissão de Adilson Batista. Tite assumiu a equipe dois jogos depois, contra o Palmeiras.

PORTUGUESA

Desde 1921, Corinthians e Portuguesa se enfrentaram 215 vezes. A Lusa venceu 51 jogos. A maior goleada ocorreu no Campeonato Paulista de 1961, quando o time alvinegro foi derrotado por 7 a 0. A Portuguesa também conseguiu golear o Corinthians em 1951 (7 a 3), 1957 (5 a 2), 1958 (6 a 1), 1968 (4 a 0) e 1975 (5 a 1). Em 1964 e 1999, o Corinthians também sofreu quatro gols do rival do Canindé. O ataque, no entanto, conseguiu descontar e chegou às redes duas vezes. O Corinthians de Tite está há oito jogos sem vencer, desde o dia 1.º de setembro, quando bateu o Flamengo por 4 a 0 no Pacaembu. No total, são cinco derrotas (Internacional, Botafogo, Goiás, Ponte Preta e Portuguesa) e três empates sem gols (Náutico, Cruzeiro e Grêmio). O ataque está há 373 minutos sem marcar gol. O último jogador a balançar as redes foi Alexandre Pato, na derrota para o Goiás por 2 a 1.  

MAIORES GOLEADAS RECENTES

Brasileirão 2009: Corinthians 1 x 4 Goiás

Brasileirão 2007: Atlético-MG 5 x 2 Corinthians

Brasileirão 2005: Corinthians 1 x 5 São Paulo

Brasileirão 2004: Corinthians 0 x 5 Atlético-PR

Brasileirão 2004: Corinthians 0 x 4 Palmeiras

Brasileirão 2004: Grêmio 4 x 0 Corinthians

Brasileirão 2003: Juventude 6 x 1 Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.