Contra a Portuguesa, Goiás investe na força do ataque

Mais equilibrado e tranquilo após deixar a zona de rebaixamento, o Goiás tentará manter o seu bom momento enfrentando a Portuguesa, neste domingo, às 18h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. No jogo, onde as duas equipes precisam voltar a vencer, o time goiano aparece na 13.ª posição, com nove pontos.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

21 de julho de 2013 | 07h48

Precisando pontuar, o Goiás se arma. Investe no ataque para pressionar a Portuguesa, se impor em seus domínios e buscar a sua terceira vitória na competição, de acordo com o técnico Enderson Moreira. Com suspeita de pneumonia, ele não treinou o time na sexta-feira.

Mesmo assim, o treinador deixou a expectativa de manter a equipe que empatou com o Criciúma na última rodada. Por isso, Valmir Lucas será mantido na zaga e Ernando segue no banco de reservas. Já os atacantes Araújo e Neto Baiano serão opção no decorrer da partida. O mesmo ocorre com Tartá, meia-atacante recém-contratado, que espera estrear. "Me sinto preparado para render o melhor", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.