Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Contra Chapecoense, Osmar Loss encara primeira decisão no Corinthians

Técnico tem a missão de voltar de Chapecó com a classificação para a semifinal da Copa do Brasil

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

15 Agosto 2018 | 05h03

O técnico Osmar Loss tem nesta quarta-feira seu maior teste à frente do Corinthians. Ele tenta levar o time à classificação para a semifinal da Copa do Brasil diante da Chapecoense em sua primeira decisão de mata-mata desde que assumiu no lugar de Carille. O time paulista ganhou o duelo de ida por 1 a 0 e vai entrar em campo com vantagem na Arena Condá. Joga por pelo menos um empate. Caso seja derrotado no tempo normal por um gol de diferença, a vaga será decidida nos pênaltis.

Desde que assumiu o time profissional, em 24 de maio, Loss comandou o Corinthians em 17 partidas, com 43,1% de aproveitamento (seis vitórias, quatro empates e sete derrotas). A campanha não é boa, ele sabe disso, mas conta com o apoio da diretoria, que já se manifestou garantindo que ele não corre risco em caso de eliminação fora de casa, em Chapecó.

“É natural que aumente a pressão. Uma eliminação neste momento não passa pela nossa cabeça, mas são resultados passíveis de acontecer. A gente não trabalha para isso e, certamente, se a gente não sair daqui classificado, a pressão vai aumentar”, comentou o treinador, que garante que o ambiente é bom.

“Tanto o grupo de jogadores quanto nós da comissão técnica temos a confiança e a segurança da diretoria. É isso que eu sempre friso. Quando os atletas não tiverem mais confiança na nossa palavra, na nossa forma de conduzir o trabalho e preparar a equipe, não tem mais motivo para a gente continuar. E isso nunca teve sinal, nem antes da Copa nem depois”, explicou.

Vez da Copa do Brasil

A derrota de domingo para a própria Chapecoense pelo Brasileirão serviu de lição para o comandante, que na ocasião colocou em campo uma equipe praticamente reserva e desta vez vai usar seus principais jogadores. Loss sabe que o duelo pela Copa do Brasil é mais importante, até por ser eliminatório, enquanto que no Campeonato Brasileiro restam 20 rodadas para o seu término.

“Eu acho que o caráter do jogo tem um peso diferente, pois é uma eliminatória, uma decisão, que só passa uma equipe. O jogo do último domingo tinha importância para nós continuarmos subindo, nos aproximando do bloco de cima, e para a Chapecoense sair da zona de rebaixamento. São pesos diferentes. Agora, quem passar vai para a semifinal”, afirmou.

Em casa e animada após bater o rival domingo, a Chapecoense se apoia na força de sua torcida para reverter a vantagem do alvinegro. O clube conquistou sua primeira vitória na história sobre o Corinthians e espera repetir a dose para continuar vivo na Copa do Brasil. Para o técnico Guto Ferreira, a confiança na classificação é grande. “Você começa a realizar quando sonha. Sonhar não custa nada, mas é o primeiro passo para realizar. Tudo pode acontecer. Difícil? Sim. Impossível? A frase está ali: aqui não existe impossível.”

FICHA TÉCNICA:

CHAPECOENSE x CORINTHIANS

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Yann Rolim e Bruno Silva; Wellington Paulista (Canteros) e Osman. Técnico: Guto Ferreira.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel, Douglas, Pedrinho, Jadson e Clayson (Marquinhos Gabriel); Romero. Técnico: Osmar Loss.

Juiz: Leandro Vuaden (RS). 

Local: Arena Condá, em Chapecó.

Horário: 21h45. 

TV: Fox Sports e Globo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.