Contra crise, Flamengo baixa preço do ingresso

Sem saber o que é vencer há quase um mês, desde quanto bateu o arquirrival Vasco, em 18 de agosto, o Flamengo vê a crise, mais uma vez, bater à porta da Gávea. Para tentar impedir que ela entre de vez no clube, a diretoria decidiu baixar o preço dos ingressos para a partida deste domingo, contra o Grêmio, no Engenhão.

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2012 | 15h14

Visando "contar com o apoio maciço da nação rubro-negra", a diretoria baixou o preço dos ingressos, que custarão entre R$20 (atrás dos gols) e R$30 (laterais), com meia-entrada pela metade desses valores. As entradas já estão à venda, com limite de três para cada torcedor.

O Flamengo acumula quatro derrotas seguidas e, na noite de quarta-feira, foi batido pelo Santos, na Vila Belmiro, por 1 a 0. A equipe ocupa apenas a 16.ª posição na tabela, com 27 pontos, já beirando a zona de rebaixamento, enquanto seus rivais se destacam. O Flu lidera o Brasileirão, o Vasco está na zona de classificação para a Libertadores e o Botafogo também briga por uma vaga na competição sul-americana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.