Contra lanterna, Atlético-GO terá a sua força máxima

Time projeta jogo difícil e teme ficar de fora da classificação da Copa Sul-America

RUBENS SANTOS, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 07h57

GOIÂNIA - Determinado a fechar o turno somando pontos, o Atlético Goianiense projeta um jogo difícil contra o lanterna América-MG, neste sábado, às 18 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma derrota será ruim para o clube rubro-negro, que vem de três vitórias seguidas. Em 12.º com 22 pontos, vencendo fica na zona de classificação da Copa Sul-Americana. Perdendo, cai até duas posições se Santos, Bahia ou Ceará vencerem no fim de semana.

Além da pressão pelo resultado, o retrospecto dos jogos fora de casa não é dos melhores. Dos nove duelos como visitante venceu dois, perdeu três e empatou quatro. "Nós temos que vencer esse jogo", disse Victor Júnior. "Somar mais três pontos é muito importante para o nosso time para avançar na tabela de classificação".

O técnico Hélio dos Anjos só vai anunciar o time momentos antes do jogo. Porém, já se sabe que ele muda a lateral direita, por opção técnica, com Rafael Cruz no lugar de Adriano. Em campo, a tendência é revezar Thiaguinho e o meia Victor Júnior, dar ênfase às jogadas aéreas e atacar com Juninho, Diogo Campos e Anselmo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.