Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Contra o Avaí, Palmeiras alimenta sonho de fechar 'turno de campeão'

Clube mira três vitórias nos próximos jogos para fechar primeira metade com campanha quase igual à de 2016

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

29 de julho de 2017 | 07h00

Com três partidas do Campeonato Brasileiro para disputar tanto para terminar o primeiro turno, como para chegar ao confronto pelas oitavas de final da Copa Libertadores, o Palmeiras recebe neste sábado o Avaí, às 19h, no Allianz Parque, com uma meta curta traçada. A equipe sonha em ganhar os três confrontos para fechar a primeira metade da competição com pontuação bem próxima à do ano passado.

Se o objetivo for alcançado na série contra Avaí, Botafogo e Atlético-PR, o Palmeiras terá 35 pontos, ante 36 somados ao fim do primeiro turno da campanha do título de 2016. "Não está ruim a campanha, ela pode melhorar. Temos tudo para acabar o primeiro turno bem, fazer um segundo turno ótimo", disse o técnico Cuca.

No momento o Palmeiras planeja se manter entre os quatro primeiros colocados e conseguir vencer depois da eliminação na última quarta-feira na Copa do Brasil para o Cruzeiro. A chance de dar a volta por cima será com cerca de 30 mil torcedores, mas com o temor de que a torcida possa cobrar demais alguns jogadores. "Vamos tirar o Egídio porque tá todo mundo bravo com ele? Vai jogar, vai jogar bem. Mas eu preciso do torcedor, que incentive ele", disse o técnico Cuca.

O elenco teve um dia movimentado na véspera da partida, com reuniões e conversas. Antes do treino, o presidente do clube, Maurício Galiotte, junto com o diretor de futebol, Alexandre Mattos, fizeram cobranças ao elenco e prometeram recusar propostas por jogadores pelo menos até dezembro, para manter alto o nível do elenco.

Nesse contexto de autoanálise no clube, Cuca entende que contra o Avaí será possível demonstrar reação. "Todo mundo sentiu a eliminação. Isso é louvável. O ruim é quando o jogador não sente. Ainda que não tenha sido uma derrota, a gente tinha a vaga muito próxima e acabou escapando. É um ensinamento", afirmou.

A escalação será mais parecida à usada no último domingo, contra o Sport, do que a do jogo com Cruzeiro. Os reforços contratados depois do prazo de inscrição da Copa do Brasil devem ser titulares, à exceção do zagueiro Juninho.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X AVAÍ

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Mina, Luan e Egídio; Bruno Henrique, Tchê Tchê e Guerra; Róger Guedes, Dudu e Deyverson. Técnico: Cuca.

AVAÍ: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Wellington Simião, Pedro Castro e Juan; Junior Dutra e Joel. Técnico: Claudinei Oliveira

Juiz: Anderson Daronco (RS). 

Local: Allianz Parque.  

Horário: 19h.  

Na TV: Pay-per-view.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.