Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Contra o Botafogo, Odair Hellmann garante Internacional focado em busca do título

Técnico evita comemorações por vaga assegurada na Libertadores de 2019

O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2018 | 11h00

Com a vitória por 2 a 0 contra o América-MG dentro de casa, o Internacional confirmou a sua classificação antecipada para a Copa Libertadores de 2019, já que não pode mais sair do G-6. Mas Odair Hellmann não quer saber de comemoração. O treinador que tirou o clube da Série B só consegue pensar no título do Campeonato Brasileiro e quer manter os seus jogadores focados. Perseguindo o Palmeiras, o time colorado enfrenta o Botafogo neste domingo, às 17 horas, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 35.ª rodada.

"Estar na Libertadores é um orgulho de ver o clube voltar a disputar torneios internacionais. Mas ainda não comemoramos porque ambicionamos o mais alto. O título está aberto. A régua subiu este ano em termos de dificuldade", comentou o técnico. Com 65 pontos, o Internacional segue atrás do Palmeiras, que tem 70 e joga contra o lanterna e rebaixado Paraná neste final de semana.

Para o jogo no Rio de Janeiro, o Internacional conta com o retorno do meia D´Alessandro e do lateral-esquerdo Zeca, que cumpriram suspensão automática. Fabiano, que recebeu o terceiro cartão amarelo, entrega a sua vaga para Zeca. Quanto ao argentino, que vinha sendo titular, pode começar no lugar de Wellington Silva. O artilheiro Leandro Damião, que deixou o jogo do meio de semana com dores no joelho esquerdo, foi reavaliado pelos médicos e parece não preocupar.

No treino da última sexta-feira, Odair fez o típico trabalho em campo reduzido, utilizando só metade do campo. O elenco teve mais um trabalho com bola neste sábado, antes de embarcar para o Rio de Janeiro. Sem mistério, o treinador deve manter a mesma base que já vem atuando.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro, Nico López e Patrick; Leandro Damião. Técnico: Odair Hellmann.

 

 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.