Fabio Menotti/Palmeiras
Fabio Menotti/Palmeiras

No reencontro com Prass, Palmeiras tenta vencer a 1ª no Allianz Parque pelo Brasileiro

Será o primeiro duelo entre o time alviverde e o experiente goleiro, que deixou o clube no fim de 2019

Ricardo Magatti, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2020 | 05h00

Depois de vencer e convencer diante do Bolívar e se classificar antecipadamente às oitavas de final da Copa Libertadores, a missão do Palmeiras é deslanchar no Campeonato Brasileiro. O time vem de três empates seguidos e ainda não venceu no Allianz Parque pela competição. O adversário deste sábado é o Ceará, às 19 horas, pela 13ª rodada. O duelo marcará o reencontro do goleiro Fernando Prass com seu ex-clube.

Magoado, Prass deixou o Palmeiras em dezembro de 2019. A diretoria opitou por não renovar com o veterano e decidiu estender o vínculo de Jailson, o outro goleiro experiente do elenco. Referência, Prass se tornou ídolo pela postura, atuações e títulos. O jogador foi campeão brasileiro duas vezes, em 2016 e 2018, e foi protagonista na conquista da Copa do Brasil de 2015, tendo cobrado o último pênalti na final contra o Santos.

Reduto de vitórias palmeirenses, o Allianz Parque se tornou um problema para a equipe no Brasileirão deste ano, de modo que o time de Vanderlei Luxemburgo ainda não venceu em sua arena. São quatro empates em quatro jogos contra Goiás, Internacional, Sport e Flamengo. Como mandante, conquistou apenas um resultado positivo, o 2 a 1 em cima do Santos, no Morumbi.

O excesso de empates, aliás, tem sido um dos grandes problemas do Palmeiras nesta temporada. No torneio nacional, os comandados de Luxemburgo mais empataram do que venceram. São sete igualdades e quatro triunfos. Com isso, embora seja a única invicto na competição, a equipe não consegue deslanchar. Hoje, soma 19 pontos e aparece na quarta colocação.

Luxemburgo terá três desfalques por suspensão pelo acúmulo de cartões amarelos: Gabriel Menino, Zé Rafael e Lucas Lima. Sabendo disso, o treinado já deixou os três no banco diante do Bolívar para dar ritmo aos seus prováveis substitutos: Bruno Henrique, Raphael Veiga e Wesley. O trio, assim como quase todo o time, teve boa atuação diante do frágil rival boliviano.

Wesley foi o que mais chamou a atenção. O jovem atacante anotou seu primeiro gol desde que subiu para os profissionais e contribuiu com duas assistências. A tendência é de que ele forme o trio de ataque com Willian e Rony, já que Luiz Adriano e Gabriel Verón estão lesionados e devem seguir fora. 

Os dois não participaram da última atividade antes do duelo. O jovem tem um entorse no tornozelo esquerdo e Luiz Adriano ficou fora por conta de dores na coxa esquerda.

Em baixa, Gustavo Scarpa, meio-campista armador do elenco menos utilizado, voltará a ser relacionado após não ficar nem no banco de reservas na última quarta-feira. Ele recebeu sondagem do Botafogo, mas o diretor de futebol Anderson Barros afirmou que a comissão técnica quer recuperá-lo.

Desfacaldo

O Ceará entrará em campo sem a presença de cinco jogadores importantes, que vinham sendo titulares: os laterais Bruno Pacheco e Samuel Xavier, o zagueiro Luiz Otávio, o volante Fernando Sobral e o meia Vinícius. Os dois primeiros estão machucados, enquanto os outros devem ser preservados pelo técnico Guto Ferreira.

"Precisamos somar pontos, pois viemos de um empate dentro de casa. Teria sido uma vitória importante pra nós, mas como não veio, nos obriga a compensar pontuando fora. Enfrentaremos uma equipe de extrema qualidade, que vem de um ótimo jogo e certamente nos oferecerá muita dificuldade. Porém, mesmo com as trocas que terá que fazer, o Ceará conseguirá montar um bom time, pois possui um ótimo plantel. Estamos confiantes", disse o zagueiro Eduardo Brock, que substituirá Luiz Otavio.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X CEARÁ

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Felipe Melo e Viña; Patrick de Paula, Bruno Henrique e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CEARÁ - Fernando Prass; Eduardo, Tiago, Brock e Alyson; Charles, Fabinho e Lima; Leandro Carvalho, Felipe Silva e Cléber. Técnico: Guto Ferreira.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (Fifa/RJ).

HORÁRIO - 19h.

LOCAL - Allianz Parque.

NA TV - TNT e Premiere. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.