Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Contra o Corinthians, Atlético-MG tenta encerrar série de dois jogos sem vitória

Sexto colocado do campeonato tenta surpreender time paulista e se aproximar dos líderes fora de casa

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2018 | 07h14

Há duas rodadas sem vencer e nem fazer gol no Brasileirão, o Atlético Mineiro vai visitar o Corinthians, às 21 horas deste sábado, em São Paulo, para tentar se recuperar no Brasileirão. Se antes já chegou a sonhar em conquistar o título, a equipe do técnico Thiago Larghi agora pensa em segurar uma vaga no G-6.

O Atlético-MG está em sexto lugar no torneio, com 34 pontos, quatro a mais do que o Cruzeiro, o sétimo colocado, e 11 a menos do que o São Paulo, que lidera o torneio. Empate em casa com o Vasco, por 0 a 0, e derrota fora de casa para o Vitória, por 1 a 0, deixaram o time mineiro longe dos líderes.

Sem Elias, suspenso porque depois da derrota contra o Palmeiras afirmou que o Atlético-MG havia sido "assaltado", a dupla de volantes contra o Corinthians será José Welison e Adilson, o qual que passou mais de um mês em recuperação de lesão na panturrilha.

Outra mudança vai acontecer por opção do técnico Thiago Larghi, que nas últimas quatro partidas substituiu Nathan por Luan no decorrer dos jogos. Neste sábado, o atacante será titular em vez de começar no banco de reservas, Cazares vai ser o meia central da equipe e Chará vai atuar pela outra ponta do campo, apesar de perder o treino de sexta-feira por causa de uma virose.

"Eu estou melhor, muito melhor. Estou me preparando bem. A decisão sobre eu jogar ou não é do treinador. Nós sempre tempos que ficar à disposição", disse o colombiano nesta sexta. Leonardo Silva, que cumpriu suspensão contra o Vitória, e Adilson também foram poupados da atividade, mas estão à disposição, assim como Matheus Galdezani, absolvido em julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva na sexta-feira.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.