NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Contra o Cruzeiro, São Paulo faz outra tentativa de entrar no G-4

Para reconquistar quarto lugar, time tem de fazer sua parte no Morumbi e torcer por tropeço do Grêmio

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2018 | 05h06

O São Paulo vai para o segundo round de sua disputa com o Grêmio pela quarta colocação do Campeonato Brasileiro. Se no duelo entre as duas equipes deu empate, resultado que manteve o time gaúcho à frente do tricolor paulista, agora a equipe do Morumbi recebe neste domingo o Cruzeiro em busca dos três pontos e torce para a Chapecoense surpreender o rival em Porto Alegre. Os dois jogos serão às 19h.

A tarefa do São Paulo é mais complicada porque enfrenta um adversário que está em boa posição na tabela e só não tem uma classificação melhor porque abriu mão do Brasileirão para priorizar a Libertadores (foi eliminado pelo Boca Juniors nas quartas) e a Copa do Brasil (foi campeão). Já o Grêmio enfrentará a desesperada Chapecoense, ameaçada pelo rebaixamento.

Com pouco tempo de trabalho, o técnico André Jardine deve manter a equipe que empatou com o Grêmio na última rodada, até porque não deve contar com o retorno de Diego Souza, que se recupera de uma lesão no joelho. “Vamos brigar para melhorar nossa posição na tabela. Mas vamos procurar fazer esse processo de correção e crescimento de desempenho, independentemente do resultado. O processo tem de ser a longo prazo”, disse.

Como técnico, Jardine brilhou nas categorias de base do São Paulo e foi muito bem no comando do time sub-20. Até por isso, sabe que pode colocar em campo os garotos que estão treinando com os profissionais. Helinho, por exemplo, foi titular diante do Grêmio e deve ser mantido. Ele tem sido importante para dar velocidade à equipe pelo lado direito.

“Eu acredito muito nos jogadores da base do São Paulo, que é uma das melhores do Brasil. A expectativa que eu tenho é que esses meninos tendem a evoluir bastante, pelo simples fato de o treinador confiar bastante neles”, avisou o treinador, que tem ainda nomes como Liziero, Shaylon, Antony e Brenner, todos formados em Cotia e que devem começar na reserva.

Depois desse jogo, o São Paulo ainda terá mais três partidas pelo Brasileirão: contra Vasco (fora), Sport (casa) e Chapecoense (fora).

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO x CRUZEIRO

SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson, Helinho, Nenê e Everton; Tréllez. Técnico: André Jardine.

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Manoel, Leo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Mancuello e David; Barcos. Técnico: Sidnei Lobo.

Juiz: Heber Roberto Lopes (SC).

Horário: 19h.

Local: Morumbi, em São Paulo.

TV: Pay-per-view.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.