Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Contra o Grêmio, Botafogo tenta se afastar de vez da zona de rebaixamento

A vitória conquistada pelo Botafogo no último sábado encerrou jejum de cinco partidas sem triunfos no Brasileirão, mas a equipe carioca segue brigando contra o rebaixamento. O próximo compromisso do time botafoguense será fora de casa, contra o Grêmio, às 16 horas deste sábado.

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2018 | 06h34

Além da acabar com a sequência negativa, o triunfo por 2 a 0 contra o Sport, em casa, representou a primeira vitória de Zé Ricardo como treinador do Botafogo no Brasileirão. Com o técnico, a equipe carioca já havia derrotado o Nacional do Paraguai e avançado às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Apesar do momento difícil, o atacante Erik garante que o ambiente no clube é bom. "Falar de grupo eu gosto bastante, mas igual ao que encontrei aqui foi muito legal. Todos motivados para trabalhar apesar do nosso momento", disse o jogador em coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

Oficializado como reforço do Botafogo na última sexta-feira, Erik foi titular um dia depois e participou da vitória contra o Sport, mas não marcou pelo novo clube. "O gol sempre é um momento muito esperado pelos atacantes e sempre deixei claro que o mais importante é que o Botafogo saia vitorioso", disse o ex-jogador de Goiás, Palmeiras e Atlético Mineiro.

Saulo está recuperado de desgaste físico e deve voltar a ser titular na meta do Botafogo, que ainda não conta com os goleiros Jefferson e Gatito Fernández, lesionados. Igor Rabello está suspenso e deve ser substituído por Yago na zaga. Os machucados Renatinho, Rodrigo Lindoso, Kieza, João Paulo e Marcos Vinícius serão desfalques de novo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.