Érico Leonan|Divulgação
Érico Leonan|Divulgação

Contra o Inter, São Paulo tenta mudar o foco para o Brasileiro

Time joga no Morumbi embalado pela campanha na Libertadores

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 07h00

Semifinalista da Copa Libertadores, o São Paulo precisa, ao mesmo tempo, “esquecer” e se inspirar no torneio para o jogo contra Internacional, neste domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe paulista segura a ansiedade de ter ainda mais de 40 dias até iniciar a disputa por vaga na decisão, enquanto vai tentar mostrar no torneio nacional a mesma determinação demonstrada no sul-americano.

A situação paradoxal forçou o elenco a mudar o foco rapidamente nos últimos dias. A euforia pela classificação contra o Atlético-MG, na última quarta, deu lugar à preparação para que no primeiro jogo em casa pelo Brasileiro, o time não vacile. "É importante focar no Brasileiro, principalmente no começo. É fundamental ir bem e conseguir ganhar uma 'gordura', somar pontos", disse o volante e capitão Hudson.

Apesar da Libertadores ser prioridade máxima no clube, até o começo da semifinal contra o Atlético Nacional, em 6 de julho, o Brasileiro já estará na 13.ª rodada, o que equivale a praticamente um terço da competição.

Perder pontos até lá será um desperdício, principalmente porque o São Paulo começou de forma positiva, ao ganhar com os reservas do Botafogo, em Volta Redonda, por 1 a 0.

O intuito do elenco é manter a sequência de bons resultados e o ânimo gerado pela Libertadores. "O espírito da Libertadores contagiou o grupo, que passou a ter mais confiança. O grupo não pode se acomodar", afirmou o lateral-direito Bruno.

O ambiente positivo coincide com a estreia da nova camisa do clube. O uniforme tem detalhes que fazem referência aos desenhos do contorno do gramado do Morumbi e será apresentado à torcida neste domingo.

O estádio receberá a partida com uma restrição na capacidade, por determinação da Polícia Militar. Os torcedores não poderão ocupar os assentos do setor térreo – apenas os camarotes estão liberados. As medidas foram tomadas por segurança depois de um guarda-corpo ceder e 16 torcedores ficarem feridos ao caírem no fosso do estádio no dia 11.

A equipe deve jogar com uma formação modificada. O lateral-esquerdo Mena vai se apresentar à seleção chilena e será um desfalque. Lesionados, o meia Michel Bastos e o volante Thiago Mendes são dúvidas, assim como Rodrigo Caio, que ficou no Reffis no último treino.

O técnico Edgardo Bauza definiu a escalação em treino neste sábado no CT da Barra Funda. Nas primeiras rodadas do Brasileiro o argentino deve dar chances para os garotos das categorias de base, como já fez na primeira rodada, quando cinco atletas foram relacionados pela primeira vez.

ESTREIA

O técnico do Inter, Argel Fucks, confirmou que o goleiro recém-contratado Danilo Fernandes vai estrear. O antecessor, Alisson, acaba de se transferir para a Roma.

A equipe tropeçou na estreia, ao empatar sem gols em casa com a Chapecoense, e durante a semana realizou treinos fechados. Argel não divulgou a escalação de sua equipe. 

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X INTER

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio (Lugano) e M. Reis; Hudson e Wesley; Centurión, Ganso e Kelvin; Calleri. Técnico: Edgardo Bauza.

INTER: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Anselmo, Fernando Bob, Fabinho, Andrigo e Eduardo Sasha; Vitinho. Técnico: Argel Fucks.

Juiz: Pericles Bassols

Local: Morumbi, em São Paulo

Horário: 16h

Na TV: Pay-per-view

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.