Contra o lanterna, Bahia tenta acabar com seca de gols

O triunfo sobre a Portuguesa, na última quinta-feira, pela Copa Sul-Americana (por 2 a 1, no estádio do Canindé, em São Paulo), trouxe certo alívio para o Bahia, que não vencia uma partida havia quatro jogos. Pelo Campeonato Brasileiro, porém, o time não faz gols desde 31 de julho, quando bateu o Flamengo, na Arena Fonte Nova, por 3 a 0. Desde lá, foram três derrotas e um empate, por 0 a 0, contra o Santos, na última rodada, em Salvador.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

25 de agosto de 2013 | 07h32

Para a equipe, o jogo contra o lanterna do campeonato, o Náutico, em casa, neste domingo, às 16 horas, pela 16.ª rodada, pode marcar a reabilitação dos atacantes, que passaram a ser questionados pela torcida após a sequência negativa.

O único desfalque do Bahia para a partida é o zagueiro Titi, que foi expulso no jogo contra o Santos e cumpre suspensão automática. O substituto, Rafael Donato ou Demerson, ainda não foi definido pelo técnico Cristóvão Borges. O treinador também tem uma dúvida no meio de campo entre os volantes Fahel e Feijão e só deve divulgar a equipe minutos antes da partida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.