Contra o lanterna, Tite mantém time que venceu o Santos

A queda na Copa Libertadores, a crise com a torcida e as saídas de três titulares da equipe - Roberto Carlos, Ronaldo, e agora Jucilei, - inauguram uma nova fase no trabalho de Tite à frente do elenco corintiano. A meta agora é retomar a união do grupo e chegar ao título do Campeonato Paulista.

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 15h04

O primeiro passo para isso é manter uma base titular. No treinamento desta sexta-feira, o treinador mandou a campo o mesmo time que venceu o Santos no final de semana, com: Julio Cesar; Alessandro, Wallace, Leandro Castan e Fabio Santos; Ralf, Paulinho, Morais e Jorge Henrique; Dentinho e Liedson.

"Quero repetir o desempenho, o padrão de desempenho nesse momento de reformulação. Essa é a essência. Ter concentração alta nesse momento diferente. Jogar futebol, ter desempenho de equipe", afirmou o treinador.

No treinamento desta manhã, por cerca de 20 minutos, Tite treinou a equipe jogando contra um adversário invisível. O treinador simulava situações de defesa e de ataque, sem contato com outros jogadores. A ideia era preservar os titulares, que entram em campo no sábado contra o lanterna Grêmio Prudente, no Pacaembu, pela décima rodada do Paulistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.