Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Contra o Novorizontino, Corinthians arrecada 55% menos do que a pior renda da história da arena

Clube não tem atraído a torcida neste início de temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2017 | 18h26

A partida contra o Novorizontino não representou apenas o pior público da história da Arena Corinthians, como também a mais baixa, com sobras, renda líquida que o clube já teve em sua arena. Foram arrecadados apenas R$ 125.177,73, cerca de 55,6% menor do que a pior renda líquida obtida anteriormente em jogos no estádio. 

A pior, anteriormente, havia sido de R$ 282.347,98, marca obtida no empate sem gols com o Atlético-MG, no Campeonato Brasileiro do ano passado. O jogo com os mineiros, inclusive, era até a noite da última quarta-feira, o de pior público da arena. Apenas 17.135 pagantes foram acompanhar a partida. 

Diante do Novorizontino, 11.708 pagantes estiveram na arena para ver a vitória por 1 a 0, gol do zagueiro Pablo. Vale lembrar que toda renda oriunda da bilheteria do estádio corintiano vai para um fundo que é responsável por pagar o estádio. 

O início de temporada não tem sido bom para o Corinthians em relação à presença de torcida. Além de ter batido a pior marca na quarta, o jogo contra o Santo André, na rodada passada, foi o de terceiro menor público da história, com 18.046.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Corinthians Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.