JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Contra o Oeste, Palmeiras volta à Arena Barueri e resgata 2012

Time retorna a estádio que foi palco da campanha do segundo título da Copa do Brasil

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2019 | 04h30

O técnico Luiz Felipe Scolari e o Palmeiras retornam nesta quarta-feira, às 21h, a um estádio marcante para a história de ambos. Contra o Oeste, pelo Campeonato Paulista, o clube volta depois de quase sete anos para a Arena Barueri, local que foi palco da campanha do título da equipe na Copa do Brasil de 2012.

Naquela época o Palmeiras enfrentava obras no Allianz Parque e se tornou um clube itinerante. Passou por Canindé, Pacaembu, Presidente Prudente e teve Barueri como um dos destinos escolhidos pela diretoria como uma das suas casas, pois a prefeitura da cidade ofereceu o aluguel do estádio por um valor atrativo.

Durante a segunda passagem de Felipão pelo Palmeiras, entre 2010 e 2012, o técnico dirigiu a equipe na Arena Barueri em 18 ocasiões, com dez vitórias, quatro empates e quatro derrotas. O estádio foi o local dos jogos mais marcantes da gestão do treinador gaúcho, ao receber a reta final da Copa do Brasil de 2012.

Em Barueri o Palmeiras passou por Paraná, Atlético-PR e Grêmio e fez a primeira partida da final contra o Coritiba, vencida por 2 a 0. Apesar da conquista do torneio, o clube já vivia a angústia de estar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Felipão, inclusive, fez o último jogo no estádio em agosto daquele ano, uma derrota por 1 a 0 para o Inter. O resultado manteve o Palmeiras nas últimas posições da tabela. No mês seguinte, o treinador deixaria o cargo para a vinda de Gilson Kleina. O clube não se salvou da queda à Série B nem voltou a visitar Barueri.

A equipe volta ao estádio agora em uma posição bem melhor. Com a arena em funcionamento e como campeão brasileiro, o Palmeiras retorna ao estádio apenas no papel de visitante, não mais como inquilino. O Oeste deve ter entre os titulares dois jogadores que foram campeões da Copa do Brasil de 2012 pelo Palmeiras: o lateral Cicinho e o atacnate Mazinho.

O time busca a terceira vitória seguida, assim como se preparar para no próximo sábado receber o Corinthians. "É um time que temos de ficar muito atentos. Começaremos a ver os vídeos do time deles, mas eu já vi algumas coisas e é um time bom", disse o zagueiro Luan.

FICHA TÉCNICA

OESTE X PALMEIRAS

OESTE: Matheus Cavichioli; Cicinho, Maracás, Kanu e Alyson; Matheus Jesus, Betinho, Elvis, Mazinho e Bruno Lopes; Roberto. Técnico: Renan Freitas.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Thiago Santos, Bruno Henrique e Zé Rafael; Scarpa, Felipe Pires e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari. 

Juiz: Salim Chavez

Local: Arena Barueri

Horário: 21h

Na TV: Pay-per-view

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.