Ricardo Duarte / S.C. Internacional
Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Contra o Paraná, Inter defende invencibilidade como mandante no Brasileirão

Time gaúcho está em terceiro no Brasileirão com 35 pontos e não sofre gol há três partidas

Estadão Conteúdo

19 Agosto 2018 | 05h26

O Internacional vai defender neste domingo sua invencibilidade como mandante no Campeonato Brasileiro, em partida contra o Paraná, às 11 horas deste domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre. O jogo vai valer pela 19ª rodada do Brasileirão, competição em que o time gaúcho ocupa o terceiro lugar, com 35 pontos.

A uma rodada do fim do primeiro turno, o Inter jogou oito vezes em seu estádio, venceu seis partidas e empatou duas. O desempenho como mandante é fundamental para a campanha da equipe treinada por Odair Hellmann, que está apenas três pontos atrás do São Paulo, que lidera o torneio.

"Jogo de manhã, a torcida gosta desse horário e espero que esteja lotado o estádio, para nos ajudar e buscarmos mais uma vitória no campeonato", comentou Rodrigo Dourado em coletiva de imprensa nesta sexta-feira. O volante é titular do Inter e capitão quando Danilo Fernandes e D'Alessandro não estão em campo.

Além do retrospecto favorável em casa, a manutenção da boa fase foi conquistada graças a dois triunfos seguidos como visitante, nas duas últimas rodadas disputadas pelo torneio. O Inter venceu o Atlético Mineiro por 1 a 0, no Independência, e o Fluminense por 3 a 0, no Maracanã.

Os resultados também confirmaram a eficiência da defesa do Inter, que não sofreu nenhum gol nas três últimas partidas, sequência iniciada na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo, em casa. O time gaúcho foi vazado pela última vez contra o América-MG, no Independência, quando perdeu por 2 a 1, em 26 de julho.

O zagueiro Victor Cuesta vai cumprir suspensão por acúmulo de cartões amarelos, por isso Emerson Santos e Klaus disputam a posição aberta pelo argentino. Antes lesionados, Zeca e Wellington Silva ainda fazem transição antes de voltarem a ser relacionados, enquanto Danilo Fernandes está fora da temporada depois de passar por cirurgia no ombro. Paolo Guerrero está em processo de preparação física e ainda não vai estrear pelo clube.

Já D'Alessandro deixou o treino de sábado com um desconforto na coxa esquerda e será desfalque certo. O argentino vinha na reserva da equipe nos últimos jogos. Na última segunda-feira, na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense no Maracanã, ele entrou no segundo tempo da partida no lugar de Nico López, que teve uma indisposição no intervalo.

Durante a semana, ele chegou a ser poupado das atividades por causa do desgaste muscular. No sábado, realizou apenas treinos físicos e reclamou novamente do problema. A novidade em campo foi a presença de Guerrero, que realizou o primeiro trabalho junto com o restante do elenco. Mas está fora do duelo deste domingo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.