Contra o Vasco, Grêmio fica entre a vitória e a crise

Técnico Silas precisa de um resultado positivo no Olímpico, às 21h50, para se manter no cargo

ELDER OGLIARI, Agência Estado

21 de julho de 2010 | 08h33

O Grêmio depende de uma vitória contra o Vasco, nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, pela 10.ª rodada, para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, salvar o emprego do técnico Silas e afastar a crise do clube.

Veja também:

linkVasco encara Grêmio para tentar deixar zona da degola

A torcida vem demonstrando insatisfação com o trabalho do treinador e também do diretor de futebol Luiz Onofre Meira, que poderão ficar sob pressão insuportável com qualquer resultado insatisfatório, inclusive o empate. O time tricolor começa a rodada como 17.º colocado, dentro da zona de rebaixamento, com nove pontos.

Para complicar ainda mais a situação, Silas não poderá contar com três titulares contra os cariocas. O lateral-direito Edilson, o zagueiro Rodrigo e o meia Douglas estão suspensos e serão substituídos, respectivamente, por Fernando, Ozéia e Hugo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.