Contraprova aponta doping de Boer

O Barcelona confirmou nesta terça-feira que o resultado da contraprova do exame antidoping do zagueiro Frank de Boer deu positivo. O jogador holandês havia sido submetido a controle após a partida contra o Celta, pelas quartas-de-final da Copa da Uefa, dia 15 de março, e na época o primeiro exame acusou presença de nandrolona. A substância é proibida no esporte e o atleta, de 30 anos, corre risco de ser suspenso por 16 meses."Recebemos a informação de que o segundo teste de Frank de Boer não teve alteração em relação ao anterior", afirmou um porta-voz do clube catalão. "Vamos aguardar até 14 de junho qual a decisão da comissão de disciplina da União Européia de Futebol", emendou o dirigente espanhol.O Barcelona se dispôs a defender seu jogador e afirmou que, enquanto não houver a conclusão do caso, De Boer continuará a ser escalado normalmente. Isso significa que deve participar das duas últimas partidas do time na temporada de 2000-2001 do Campeonato Espanhol. O Barça está em quinto lugar e ainda sonha com uma vaga - pouco provável - para a próxima Copa dos Campeões, já que seu país terá direito a quatro representantes. O problema não é só do Barcelona, mas também da seleção da Holanda. Dez dias atrás, também o meia Edgar Davids, da Juventus, foi flagrado em antidoping, na Itália. Resultado: presença de nandrolona.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.