Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Contursi defende candidatura de Leila no Palmeiras: 'Tenho credibilidade para indicar'

Ex-presidente banca desejo de empresária de virar conselheira; eleição será no dia 11

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

02 Fevereiro 2017 | 08h00

O ex-presidente do Palmeiras, Mustafá Contursi, defendeu nesta quinta-feira as candidaturas de Leila Pereira e de José Roberto Lamacchia ao Conselho Deliberativo do Palmeiras. Os dois empresários, donos dos principais patrocinadores da equipe, tentam entrar na vida política do clube e têm como aliado o antigo dirigente, que disse confiar na capacidade de ambos em contribuir.

O casal de empresários lançou a candidatura em jantar para cerca de 400 convidados em São Paulo. Leila e Lamacchia estão na chapa Palmeiras Forte, que tem Contursi como principal articulador. A candidatura dos dois ao conselho, em eleição do próximo dia 11, teve como obstáculo a tentativa de impugnação do então presidente Paulo Nobre, que antes de deixar o cargo, em dezembro, afirmou que ambos não cumpriam os requisitos para pleitear a vaga.

Contursi foi na contramão desse posicionamento de Nobre e garante que o casal têm condições legais de se candidatar. "Acredito que depois de mais de 65 anos de associado do clube, conselheiro vitalício desde 1973, ex-presidente, sócio grão-benemérito e demais participações, não tenho que discutir a credibilidade das minhas informações", afirmou.

O ex-dirigente banca a informação de que Leila e Lamacchia têm título de sócios válido desde 1996. Essa matrícula libera os dois para se candidatarem ao conselho, já que a exigência pelo estatuto é de oito anos para se poder pleitear a vaga. A chapa com a presença dos empresários donos da Crefisa e da Faculdade das Américas foi protocolada no fim de janeiro para a disputa da eleição.

Apesar da divergência com Nobre no assunto sobre os empresários, Contursi explicou que não há inimizade. "Não rompi com Paulo Nobre. Ele foi um presidente que teve grandes serviços prestados ao clube, foi uma figura importante. Começou a trajetória com trabalho na minha diretoria na década de 1990 e sempre tive por ele uma grande consideração", disse.

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Mustafa Contursi Crefisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.