Ricardo Gaibun/Divulgação
Ricardo Gaibun/Divulgação

Contusão de Gabriel deve ser nova dor de cabeça do Santos

Artilheiro do Santos na temporada saiu com lesão muscular e será avaliado nesta sexta-feira

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2014 | 07h00

SÃO PAULO - O atacante Gabriel sentiu uma lesão muscular no final do primeiro tempo do empate contra o Goiás por 2 a 2 nesta quinta-feira, em Goiânia, e pode ser um novo problema para o técnico Oswaldo de Oliveira. O artilheiro do Santos nesta temporada, com 13 gols, saiu do gramado cabisbaixo, com expressão de choro, e será avaliado nesta sexta-feira para saber a gravidade da contusão.

A revelação santista pode aumentar a lista de desfalques de Oswaldo para o ataque. Thiago Ribeiro, Leandro Damião e Rildo só voltam após a Copa do Mundo. No empate contra o Goiás, a equipe terminou a partida com Stéfano Yuri e Victor Andrade.

Durante a partida, Geuvânio foi escalado como atacante, ao lado de Gabriel. Oswaldo de Oliveira avalia que a série de contusões ajuda a explicar a fraca campanha do Santos no Campeonato Brasileiro. Com sete pontos de 18 possíveis e um aproveitamento de 38,8% de pontos ganhos, o Santos está na 13ª posição, na zona intermediária da tabela. O próximo jogo será contra o Flamengo, domingo, no estádio do Morumbi.

A diretoria, por outro lado, afirma que o time não tem padrão tático e está em má fase desde as finais do Campeonato Paulista, quando perdeu o título para o Ituano. Durante a semana, Oswaldo de Oliveira rebateu as críticas e chegou a afirmar que sabia "o caminho de casa", comentando uma eventual demissão.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTEBOLBRASILEIRÃOSANTOS FCGABRIEL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.