Contusão de Pato é destaque na imprensa italiana

Segundo 'La Gazzetta dello Sport', vice-presidente do Milan se preocupa com condição do brasileiro

estadão.com.br

22 de setembro de 2011 | 08h18

MILÃO - A oitava contusão de Alexandre Pato em dois anos foi motivo para uma reunião entre o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, o técnico e os demais integrantes da comissão técnica do clube e também dos membros do departamento médico, publicou nesta quinta o jornal italiano La Gazzetta dello Sport.

O dirigente quer entender o que acontece para o atacante brasileiro ter se machucado tanto. O que Galliani ouviu da comissão técnica foi que Alexandre Pato não é o único nessa condição. De 10 a 12 jogadores do Milan estão atualmente em tratamento no departamento médico.

O atacante brasileiro passou nesta quinta-feira por exames que detectaram uma lesão muscular na coxa direita. Assim, Pato ficará quatro semanas afastado dos gramados. Alexandre Pato se machucou logo aos 19 minutos do primeiro tempo do jogo em que o Milan empatou em casa com a Udinese, quarta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Italiano.

Com a nova contusão, ele não foi convocado pelo técnico Mano Menezes para defender a seleção brasileira nos amistosos contra Costa Rica e México, respectivamente dias 7 e 11 de outubro.

Atualizado às 13 horas para acréscimo de informação

Reprodução

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.