Contusão obriga Fla mudar esquema

Desesperado por uma vitória para sair da zona de rebaixamento da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Flamengo será obrigado a enfrentar o São Paulo, neste sábado, às 18h10, no Morumbi, com uma nova formação tática. A surpreendente contusão do zagueiro Fernando, hoje, obrigou o técnico do Rubro-Negro, Celso Roth, a abandonar o sistema 3-5-2 e voltar ao 4-4-2. No treinamento pela manhã de hoje, Fernando sentiu dores no músculo adutor da coxa direita e saiu da movimentação. Sem poder escalar o capitão do time, o técnico do Flamengo optou por colocar Júnior no meio-de-campo e formou a defesa com Rodrigo e Júnior Baiano, que volta à equipe no lugar de Henrique, suspenso. Apesar do imprevisto, a torcida do Flamengo verá no meio-de-campo o novo reforço do time, Augusto Recife. "Só posso ganhar entrosamento aos poucos, com o decorrer dos jogos. O que tenho para passar aos meus companheiros neste momento é muita vontade e dedicação", disse o estreante, sem esconder o entusiasmo, já que estava sendo escalado entre os reservas no antigo clube, o Internacional. A situação do Flamengo é delicada porque após dez rodadas do Brasileiro está na 19ª posição, com apenas nove pontos. Totalizou duas vitórias, três empates e cinco derrotas. O ataque é um dos principais problemas da equipe, já que marcou somente 11 gols, é o quarto pior da competição, e a defesa sofreu 16.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.