Contusão pode tirar Romário da final

Um exame de ressonância magnética constatou um edema na panturrilha direita de Romário, que não jogará a partida do meio de semana contra o Concepción, pela Taça Libertadores. A sua presença na final do Campeonato Carioca, contra o Flamengo, também está ameaçada. Pior: o surgimento da contusão pode ter sido resultado de um erro dos médicos do Vasco. Depois de pedirem que o jogador fizesse um exame de ultra-sonografia, na semana passada, os médicos o liberaram para treinar, alegando que ele não estava contundido. Ao praticar conclusões a gol no sábado, Romário voltou a sentir dores na panturrilha. Essa falha causou indignação no atacante. Agora, os médicos tentam minimizar o problema: ?Foi somente um edema e a experiência mostra que até domingo ele deve estar recuperado?, disse Clóvis Munhoz, médico-chefe do Vasco. Para atuar na decisão, Romário fará tratamento intensivo até sexta-feira, quando vai submetido a um novo exame. Segundo Munhoz, hoje o craque caminhou sem sentir dor, o que representou um ?bom sinal? para o seu processo de recuperação. Mas a apreensão no clube é grande porque Romário ficou fora das duas últimas finais regionais por causa de contusões ? uma delas quando jogava pelo Flamengo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.