Contusões atrapalham o São Paulo

Enquanto o técnico Oswaldo Alvarez comandava o treino do São Paulo nesta sexta-feira, o diretor de Futebol, José Dias, gastava bateria de seu telefone celular à beira do gramado do Morumbi tentando liberar jogadores para o time. Com poucos jogadores no elenco, o São Paulo teve de recorrer à seleção brasileira sub-20 para compor a equipe que jogará domingo contra o Guarani, no Morumbi. No início da tarde, Dias pediu à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a liberação do lateral-esquerdo Alemão, que estava treinando em Teresópolis. O titular, Gustavo Nery, passou o dia fazendo tratamento de uma contusão na panturrilha esquerda e não tem presença certa no jogo de domingo.No aquecimento para o treino, o zagueiro Wilson sentiu dores na coxa esquerda e foi para o vestiário. À beira do gramado, José Dias consultou Vadão, pegou o celular e telefonou novamente para a CBF. No início da noite, ainda não havia recebido resposta. "Quem poderia imaginar que Wilson teria problemas de novo?", perguntou Dias. Caso Júlio Santos não retorne, o pouco conhecido Saraiva, dos juniores, deverá ficar na reserva dos zagueiros Jean e Rogério Pinheiro.A escassez de atletas é um problema para Vadão. O atacante Ilan também passou o dia fazendo tratamento no pé direito. O chileno Maldonado treinou com a equipe, mas à noite viajaria ao Chile, para apresentar à seleção de seu país. O celular de Dias entrou em ação novamente. "Vamos ver se conseguimos adiar essa apresentação para domingo à noite", disse.O meio-campista Carlos Miguel revezou-se com Reginaldo Araújo na lateral-esquerda. Caso Alemão não se apresente neste sábado pela manhã, Miguel poderá jogar improvisado. Essa, por sinal, é a única chance que ele tem de começar jogando contra o Guarani. Vadão já avisou que os titulares no meio-de-campo deverão ser Fábio Simplício, Fabiano, Júlio Baptista e Kaká. Mesmo descontente com a situação, o jogador procurou ser político. "A opção é do treinador. Vou trabalhar mais para melhorar e mostrar que tenho condições de ser titular". O treinamento desta sexta foi marcado para o Morumbi para que os jogadores se adaptassem ao próprio campo de jogo. A última partida do São Paulo em seu estádio foi na final do Torneio Rio-São Paulo, contra o Botafogo, há 18 dias. "Nós temos jogado pouco aqui. Os jogadores precisam se readaptar ao campo", disse Vadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.