Contusões atrapalham planos de Parreira

Enquanto espera pela recuperação de Ronaldinho Gaúcho - ele tem de treinar com bola até quinta-feira, segundo o médico José Luiz Runco, para poder atuar contra a Bolívia, no domingo -, a seleção teve outra baixa. O lateral-esquerdo Gustavo Nery apresentou-se à equipe, em Teresópolis, com fratura no punho direito. Ele foi cortado do grupo e será substituído por Leandro, do Cruzeiro, que chegará nesta quarta-feira à Granja Comary. "O Gustavo ficará afastado das atividades de campo por pelo menos 90 dias", disse Runco. A situação de Ronaldinho Gaúcho não é tão preocupante. O médico da seleção afirmou que em nove dias a entorse de tornozelo do atleta do Barcelona regrediu bastante. "Estou otimista e o Ronaldinho, também." O jogador passou o dia fazendo exercícios de fisioterapia e a intenção de Runco é a de liberá-lo para treinos já amanhã. Mas os problemas da seleção não param por aí. O zagueiro Juan, do Bayer Leverkusen, sofreu contusão no jogo do seu time, no fim de semana, contra o Bayern de Munique, pela terceira rodada do Campeonato da Alemanha. Ele chocou-se de cabeça com um zagueiro e teve leve traumatismo craniano. Depois, sentiu tonteiras e ânsia de vômito. Até o início da noite desta quarta-feira, a comissão técnica da seleção não havia conseguido novo contato com o clube alemão e nem com o atleta. Runco não descartou a hipótese de o zagueiro vir a ser cortado. E poderia até dispensá-lo de vir ao Brasil para ser avaliado - uma exigência da CBF para atletas convocados e que acusem alguma contusão antes da apresentação. Foi assim por exemplo com Gustavo Nery. "A princípio, estamos esperando o Juan na quinta-feira pela manhã. Mas isso não é definitivo", explicou o médico. No rastro dos desfalques por problemas clínicos, o técnico Carlos Alberto Parreira já havia perdido o atacante Luís Fabiano, do São Paulo. Convocou, para substituí-lo, o jovem Nilmar, que acaba de acertar sua transferência do Internacional para o Lyon, da França, e que nesta terça-feira estava na Europa a fim de formalizar a negociação. Por isso, só deve chegar à Granja Comary nesta quarta. O meia Diego, atualmente no Porto, também foi relacionado pelo treinador para os jogos com Bolívia e Alemanha. No entanto, um problema muscular o deixará de fora pelo menos da primeira partida. Na Europa, ele se apresentará a Parreira. "É por isso que convoquei 23 atletas. A gente sempre tem um ou outro afastado por causa de uma lesão. E não seria conveniente ficar na correria de última hora à busca de substitutos", comentou o treinador.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 20h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.