Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Conversa com Alex ajudou Robinho a falar 'sim' para o Palmeiras

Novo reforço alviverde revela que ouviu conselhos de ex-jogador e ídolo da torcida palmeirense, antes de assinar contrato

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2015 | 16h25

O Palmeiras contou com uma ajuda de peso para contratar o meia Robinho, do Coritiba. O jogador revelou nesta sexta-feira, que ao saber do interesse do time alviverde, conversou com o ex-jogador Alex e o atacante Keirrison, que já defenderam o clube, para saber o que deveriam fazer e o retorno foi o mais positivo possível.

"Eu conversei com o Alex e com o Keirrison. Todo jogador sonha jogar em grandes clubes e não sou diferente. O Alex me falou que o Palmeiras é um ótimo clube para trabalhar e que pelo meu estilo de jogo, a torcida iria gostar de mim", explicou o meia, que assinou contrato válido por quatro temporadas.

Outro que também sendo consultado pelo jogador para saber se valeria a pena trocar de clube foi o ex-atacante Deivid, que não chegou a atuar no Palmeiras, mas trabalhou com o técnico Oswaldo de Oliveira. "O Deivid sempre me falava que ele era um grande treinador e que um dia eu deveria trabalhar com ele, pois iria evoluir muito em suas mãos", explicou Robinho, o último dos 16 reforços contratados pelo Palmeiras a ser apresentado.

Assim com os demais reforços, Robinho falou que o fato do Palmeiras estar reformulando seu time também fez a diferença para ele aceitar retornar ao futebol paulista, onde já jogou pelo Santos. O jogador deve disputar posição no meio com Mendieta, Valdivia, Allione, Alan Patrick e Ryder Matos.

Político, não quis projetar parceria entre os titulares nem mesmo com o chileno Valdivia. "Não sei quem vai ser o titular. Então não sei se serei parceiro do Valdivia, porque não sei nem se ele será o titular", explicou.

O elenco do Palmeiras treinou na manhã desta sexta-feira em Itu e retornou para São Paulo, onde, no domingo, enfrenta o Red Bull Brasil em amistoso que será disputado no Allianz Parque, às 19h.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPaulistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.